A Juventude de Viana deslocou-se esta tarde ao reduto do campeão nacional, FC Porto, onde perdeu por 7-4, em jogo a contar para a 20ª jornada do Campeonato Nacional da Primeira Divisão de Hóquei em Patins.

O FC Porto entrou claramente melhor na partida, pressionando imenso e trocando confortavelmente a bola no meio-campo da Juventude. Os visitantes apostavam forte no contra-ataque, tentando surpreender os azuis e brancos.

Jorge Silva abriu o ativo para os da casa à passagem do décimo minuto de jogo, ao concluir com êxito um passe crucial de Ricardo Barreiros.

Volvido apenas um minuto, os portistas ampliaram a vantagem, por intermédio de Ricardo Barreiros, que finalizou da melhor maneira um passe de Hélder Nunes. Os dragões faturavam dois golos em dois minutos, ambos bastante semelhantes.

A seis minutos do intervalo, André Centeno reduziu para os vianenses, quando praticamente nada tinham feito para merecer o golo.

O FC Porto continuou com o seu jogo e chegou ao terceiro a quatro minutos do intervalo. Reinaldo Ventura, com uma arrancada forte, passou por um adversário e colocou a bola à mercê de Vítor Hugo, que só teve de empurrar para o fundo da baliza.

A etapa complementar começou da melhor maneira para os dragões, que, aos 20 segundos, chegaram ao quarto por intermédio de Vítor Hugo, ao desviar um remate dentro de área.

A equipa portista continuava a dominar a seu bel-prazer, mas a Juventude reduziu aos sete minutos, por intermédio do experiente avançado Luís Viana. A partir deste golo, o ritmo de jogo baixou e a equipa vianense começou a ter mais bola.

A dez minutos do fim, André Centeno devolveu esperança aos minhotos, fazendo o terceiro num remate cruzado.

Aproveitando um momento menos bom dos azuis e brancos, a turma de Viana de Castelo chegou ao empate. Luís Viana falhou um livre direto, mas na recarga “picou” a bola por cima de Edo Bosch e faturou o quarto para a Juventude, a oito minutos do fim da partida.

Os campeões nacionais, surpreendidos, procuraram rapidamente o golo que lhes devolvesse a vantagem no jogo e, na jogada seguinte ao empate, Hélder Nunes colocou novamente o FC Porto na frente do marcador.

O jogo estava vivo e imprevisível, mas, a cinco minutos do fim, Reinaldo Ventura, de livre direto, faturou o sexto e colocou os azuis e brancos mais perto da vitória.

No minuto seguinte, Jorge Silva ainda ampliou a vantagem dos homens da casa e o jogo terminou com uma vitória dos dragões por 7-4, num belo jogo de hóquei em patins, em que o FC Porto foi superior, mas ainda assim os vianenses deixaram uma boa imagem.

Na próxima jornada, a Juventude de Viana recebe o Valongo, em jogo a ser disputado no dia 15 de março, pelas 21h30.