Está confirmado. A próxima entrada da mítica saga de Hollywood será rodada na cidade minhota. Condições climatéricas da cidade e a inundação dos principais túneis ajudaram na decisão.

Sylvester Stallone vai voltar a interpretar Rambo, o icónico herói da década de 80, sinónimo de marialvice e responsável por alguns dos maiores complexos de imagem do sexo masculino. A cidade de Braga será a anfitriã das gravações da próxima entrada.

Quem o afirma é o próprio Stallone. Em entrevista ao InComUM, o ator e realizador norte-americano justificou a decisão de retomar a saga: “Como sabemos, o último filme d’ ‘Os Mercenários’ foi extremamente prejudicado pelo ‘leak’ que ocorreu, o que minou bastante a confiança dos produtores no ‘franchise’. Assim sendo, aproveitamos esta oportunidade para mudar de rumo e tentar aproveitar o Rambo outra vez”.

Quando questionado sobre a escolha da cidade de Braga como local de filmagens, Stallone justificou a escolha, com base nas condições climatéricas: “Estava com um dos possíveis produtores a procurar locais de gravação. Quem já viu filmes desta saga, sabe que a ação se passa em locais com bastante pluviosidade. E, aqui, queríamos respeitar o espírito dos nossos filmes. No entanto, quando vimos o quanto chovia nesta cidade, e os “lagos” que surgiram em algumas das vossas vias principais, não pensamos duas vezes. Foi uma decisão instantânea. Nem no Vietname chovia tanto assim, quando gravei o Rambo II!”

Para além das condições climatéricas, o cineasta alega que a deslocação para Braga e a consequente estadia será muito mais leve em termos orçamentais.

Resta-nos saber se Stallone irá conseguir recuperar a velha glória da saga Rambo e buscar o espírito do primeiro filme. Ou então, se irá ser um saco de boxe dos Estudos Culturais outra vez, justificando simbolicamente um ataque contra o Estado Islâmico.

Até lá, o InComUM sabe que a produção está também em negociações com a Reitoria da Universidade do Minho. Segundo fontes bem colocadas, pretendem usar o “matagal” do ICS para filmarem algumas cenas passadas em florestas.