Bruno Alcaide, aluno de Mestrado em Direito Administrativo, é o primeiro nome na corrida à direção da AAUM. A vontade de se candidatar foi expressa numa publicação na sua página do Facebook, onde apresentou o seu projeto eleitoral como um “caminho de futuro.”

A defesa dos direitos dos estudantes da academia e a efetivação dos seus sonhos e aspirações motivaram a decisão de Bruno Alcaide, afirmando que o propósito da sua lista é levar a cabo um “projeto amplo, coerente, partilhado e ambicioso”.

O agora candidato à Direção da Associação de Estudantes está consciente do percurso “árduo e desafiante” que está para vir, não esquecendo que “este trabalho exige um exercício de atenção e disponibilidade contínuo, para que sejam oferecidas respostas a anseios comuns.”

A aproximação da Associação aos estudantes é um dos seus objetivos primordiais, através da criação de um espaço da AAUM que facilite o acesso dos alunos aos seus serviços. Para além disso, acredita que com a nova sede da AAUM, os desígnios da Associação serão executados da melhor forma.

Leia aqui na integra a publicação de Bruno Alcaide.

Videira não se candidata mas apoia Alcaide

Em declarações exclusivas ao ComUM, Carlos Videira confirmou que não se recanditará, mas manifestou o seu apoio à candidatura de Bruno Alcaide, deixando claro que acredita que este “terá condições para fazer um excelente trabalho em prol dos estudantes.”

O ainda Presidente da AAUM põe assim fim a três anos à frente dos destinos da Associação de Estudantes da Academia Minhota.

Rui Barros e Renata Cunha