O AC Fafe perdeu, esta quarta-feira, por 26-30, na receção ao Madeira SAD, a contar para a 20ª jornada do Campeonato Fidelidade Andebol 1. Apesar de terem dificultado a vida aos insulares, os minhotos não conseguiram impedir a quarta derrota consecutiva.

O Madeira SAD inaugurou o marcador aos 24 segundos, na sequência de um golo apontado por Cláudio Pedroso. Aos três minutos, e já a quatro tentos de distância, o Fafe fez o primeiro, da linha dos sete metros, por Mário Pereira. Durante a primeira parte, a superioridade da formação orientada por Paulo Fidalgo foi evidente, ficando refletida no resultado ao intervalo (13-22).

Contrariamente ao que seria previsível, a diferença de nove golos não foi um obstáculo suficiente para a equipa da casa se render. Os homens de José António Silva reagiram e tornaram o segundo tempo bem mais complicado para o Madeira SAD, marcando 13 golos contra oito dos visitantes. Destaque para Nuno Silva, jogador da formação madeirense, que foi o melhor marcador da partida, com nove tentos, e para Dário Andrade, do AC Fafe, com seis.

Apesar da boa resposta nos 30 minutos finais, a turma minhota não conseguiu compensar a má entrada no desafio, acabando por averbar uma derrota que dita a permanência na última posição da tabela classificativa. No próximo sábado, os fafenses deslocam-se ao terreno do São Bernardo, em jogo dos oitavos-de-final da Taça de Portugal.