O Arsenal C. Devesa foi, este sábado, derrotado por uns expressivos 25-39, frente ao SL Benfica. Este resultado ditou a eliminação da equipa minhota nos 16 avos de final da Taça de Portugal de Andebol.

Ciente da importância do encontro a eliminar frente aos encarnados, mas também da eminência do que um bom resultado poderia oferecer à equipa bracarense, os homens de Domingos Nunes entraram bastante motivados no encontro.

A prova estava em campo, com a excelente réplica que o Arsenal ofereceu ao SL Benfica, o que permitiu um equilíbrio de forças e uma magra vantagem tangencial a favor do clube da Luz (16-17) ao intervalo.

Na segunda parte, os pupilos de Carlos Resende puxaram dos galões, construindo um resultado confortável e permitindo ao SL Benfica passar à próxima eliminatória após um primeiro tempo atribulado.

Na retina ficam dois jogadores: André Alves e André Caldas. O primeiro do lado dos encarnados, que contribui com sete golos para a vitória forasteira. Do lado minhoto, André Caldas foi quem mais incomodou, marcando uns impressionantes dez golos dos 25 que o Arsenal alcançou.

Com este resultado, a equipa de Domingos Nunes somou a quinta derrota consecutiva, caindo na primeira eliminatória em que entrou em cena na Taça de Portugal.

No próximo compromisso, o Arsenal C. Devesa defronta o AC Fafe, em jogo a contar para mais uma jornada do Campeonato Nacional de Andebol 1, precisamente frente a um adversário que se encontra com mais um ponto que os minhotos.