O Vitória SC abriu cedo o marcador e esteve a ganhar por dois golos de diferença. Acabou por perder o encontro graças a dois penalties de Pedro Tiba e dois tentos de Davidson.

Num jogo cheio de golos, o Vitória SC acabou por perder frente ao GD Chaves por 4-3, com um penálti marcado pelos transmontanos, aos 96 minutos. Nesta partida da 18ª jornada da Liga NOS, os vitorianos estiveram a vencer por duas vezes.

Os minhotos começaram melhor, chegando primeiro à vantagem. Paolo Hurtado abriu o marcador, aproveitando uma assistência de Raphinha, que, pouco tempo depois, colocou os vimaranenses a ganhar por 0-2.

A reação da turma de Luís Castro chegou à passagem do minuto 35. William foi derrubado ao entrar na área do Vitória SC, fazendo com que o árbitro Tiago Martins assinalasse grande penalidade. Pedro Tiba foi o responsável pela conversão e fê-lo eximiamente, rematando para o lado contrário do guarda-redes Douglas.

Daí, bastaram apenas dois minutos para que o GD Chaves igualasse o encontro. Davidson aproveitou um cruzamento rasteiro de Matheus Pereira para fazer o 2-2.

Ainda houve tempo para que antes do intervalo se marcassem mais dois golos, um para cada equipa. Tallo Jr. e, outra vez, o brasileiro Davidson contribuíram para que, no final do primeiro tempo, o marcador estivesse afixado em 3-3.

A segunda metade da partida foi controlada em grande parte pelos flavienses, que, já bem perto do final, conseguiram o tento da vitória. Uma mão na bola na área vimaranense levou a que fosse assinalado penálti, depois da indicação do videoárbitro. Pedro Tiba fez o bis aos 96 minutos, fechando o resultado em 4-3.

Desta forma, o Vitória SC desceu na tabela classificativa da Liga NOS, passando do sétimo para o nono lugar, acumulando 23 pontos. O próximo jogo dos minhotos é frente ao Estoril-Praia, no próximo domingo, no Estádio D. Afonso Henriques.