O SC Braga apurou-se para os quartos de final da Taça de Portugal. Uma segunda parte eficaz ditou a vitória do clube minhoto.

O SC Braga carimbou, este domingo, a passagem aos quartos de final da prova rainha ao vencer a UR Cadima por 0-5. Na condição de visitante, o grupo de Miguel Santos foi mais forte e levou a melhor sobre a formação da casa.

Na primeira parte, as minhotas entraram melhor no encontro. Isto porque começaram cedo a ameaçar a baliza adversária. O SC Braga esteve praticamente sempre instalado no meio campo adversário, mas os golos foram negados pela boa organização defensiva da UR Cadima.

Até à meia hora de jogo, as investidas da turma minhota foram travadas. No entanto, o primeiro golo acaba por surgir pouco depois dos 30 minutos, com um cabeceamento de Laura Luís.  Após a inauguração do marcador, a turma de Miguel Santos continuou por cima do encontro, à procura do segundo da partida. Nove minutos depois, a camisola 28 voltou a faturar, aumentando a vantagem para a formação visitante e bisando no encontro (0-2).

Já na segunda parte, o SC Braga mostrou-se mais assertivo e confiante, frente a uma UR Cadima mais desgastada. As investidas eram criadas, maioritariamente, pela turma arsenalista, com a equipa da casa à procura do erro do adversário.

Aos 55 minutos, Regina Pereira fez o terceiro golo do conjunto bracarense, de livre direto. A formação minhota assumiu a superioridade e, 15 minutos depois, Ágata Filipa faz o 0-4. Após uma incursão pelo lado esquerdo, a camisola 2 atirou ao ângulo da baliza defendida por Lisandra Tavares. Face a este cenário, a UR Cadima não deu resposta, sendo o SC Braga quem continuava a carregar. O placard só fechou em cima do minuto 90, com Francisca Silva a colocar um ponto final no resultado (0-5).

Com este resultado, as “Guerreiras do Minho” apuram-se para os quartos de final da Taça de Portugal. O adversário será conhecido esta sexta feira, com o sorteio a ter início às 15h, na Cidade do Futebol. As equipas em prova e, que por isso podem defrontar o SC Braga, são: CF Benfica, CA Ouriense, Casa Povo Martim, Vilaverdense, Estoril, Sporting e Boavista.