Conjunto de Moreira de Cónegos acabou por desperdiçar várias oportunidades na segunda parte. Comandados de Ivo Vieira ocupam agora o 13º posto da Liga NOS.

Depois da dura derrota frente ao Vitória SC na última jornada, o FC Porto voltava ao Dragão, em jogo a contar para a quarta jornada da Liga NOS, obrigado a vencer ao Moreirense. A partida acabou mesmo por ditar a vitória dos “azuis e brancos”, por 3-0, numa partida marcada pela eficácia da equipa de Sérgio Conceição.

O treinador dos atuais campeões nacionais apostou na titularidade de Éder Militão e no regresso de Marega. Com Sérgio Oliveira, Otávio e Herrera no meio campo, o FC Porto começou o jogo ao ataque e à procura do golo inaugural.

Logo aos oito minutos, os portistas beneficiaram de uma grande penalidade. A decisão foi, no entanto, refutada após a análise do vídeo do lance pelo árbitro, Hélder Malheiro. Ainda assim, Herrera acabou por inaugurar o marcador, aos 15 minutos, na sequência de um pontapé de canto batido por Alex Telles.

Destaque também para Otávio, que já perto da primeira meia hora, depois de um passe para Marega, permitiu o segundo tento para o FC Porto. O maliano ainda atirou ao poste, mas na recarga Aboubakar dilatou a vantagem para a turma da casa.

No segundo tempo, os visitados sentiram algumas dificuldades para dominar o Moreirense e a equipa de Ivo Vieira acabou por desperdiçar algumas situações de perigo. Foi, aliás, o conjunto de Moreira de Cónegos que conseguiu estar por cima da partida a partir dos 57 minutos de jogo.

Sérgio Conceição lançou, então, Danilo. O internacional português regressou sob uma enorme ovação aos relvados depois de uma grave lesão, acabando por dar outros argumentos à equipa portista na luta pela posse de bola.

No último minuto de jogo, Otávio, uma vez mais a contruir, pelo lado esquerdo do ataque, e a permitir a Marega fazer o 3-0. Selar definitivo do resultado perante a plateia no Dragão.

Com esta vitória, o FC Porto fechou a quarta jornada no quarto posto com nove pontos, enquanto o Moreirense é 13.º com quatro.