Bracarenses não conseguiram segurar a vantagem conquistada na primeira parte. Minhotos despedem-se da Taça nos quartos-de-final.

Numa partida a contar para os quartos-de-final da Taça de Portugal, o ABC/UMinho deslocou-se, esta quarta-feira, ao reduto da Madeira SAD e saiu derrotado por 24-20. Depois de eliminarem o Benfica na eliminatória passada, os pupilos de Jorge Rito ficaram assim arredados da possibilidade de repetir o triunfo na prova alcançado em 2016/2017.

O encontro ficou marcado pelo equilíbrio e pelas constantes alterações na liderança no marcador. A formação da casa entrou melhor e chegou a uma vantagem de três golos (9-6), mas o Académico conseguiu superiorizar-se e chegou ao intervalo a vencer por dois tentos (10-12).

No regresso dos balneários, a formação insular entrou disposta a inverter o registo frente ao ABC/UMinho na presente temporada (dois triunfos dos bracarenses) e conseguiu mesmo dar a volta ao marcador. A equipa da casa foi mais forte durante o segundo tempo e acabou por vencer o encontro por 24-20.

No plano individual, destaque para os sete golos de Elledy Semedo, do lado do Madeira SAD, e para os seis de Darío Andrade, jogador do ABC/UMinho. Com esta derrota, os minhotos centram agora todas as atenções no campeonato, no qual tem, na próxima jornada, um dérbi minhoto. A partida, contra o Arsenal C. Devesa, está agendada para o dia 17 de abril, no Pavilhão Flávio Sá Leite, às 21 horas.