Apesar de estar fora da vertente individual, o minhoto continua na competição a pares ao lado de Guido Pella.

Numa partida equilibrada entre os dois tenistas no Masters 1.000 Madrid, o vimaranense perdeu pelos parciais de 7-5, 5-7 e 6-1 na primeira ronda. João Sousa não conseguiu concretizar as oportunidades mestras e carimbar a vitória frente a Adrian Mannarino.

No primeiro set, Mannarino alcançou o português, que esteve em duas ocasiões a liderar, fechando o parcial por 7-5. Ao segundo parcial, o minhoto respondeu e fechou as contas por 5-7.

No derradeiro momento, porém, o vimaranense deixou fugir as oportunidades e, consequentemente, a vitória. Com problemas no serviço e a não conseguir concretizar três break points no último set, o minhoto deitou por terra a oportunidade de passar à próxima fase.

Em duas horas e 21 minutos, João Sousa perdeu, assim, pelos parciais 7-5, 5-7 e 6-1. Mannarino – o “lucky loser” –, repescado da fase de qualificação, levou, desta forma, a melhor no duelo sobre o português.

Ainda assim, a participação de João Sousa no Mutua Madrid Open continua, mas na variante de pares. O número um português e Guido Pella garantiram a passagem à segunda ronda e vão defrontar a dupla vencedora do encontro entre Henri Kontinen e John Peers e Nick Kyrgios e Bernard Tomic.