A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho recebeu, através do programa Norte 2020, 3.7 milhões de euros para melhorar as escolas do distrito.

O programa Norte 2020 vai financiar com 19.2 milhões de euros de fundos comunitários a requalificação e modernização de todas as infraestruturas. A renovação vai desde a pré-escolar até ao ensino superior, incluindo equipamentos de formação profissional com mais de 10 anos.

Os investimentos, que estão previstos nos Pactos para o Desenvolvimento e Coesão Territorial (PDCT), vão ser organizados pelas Comunidades Intermunicipais da região Norte e pela Área Metropolitana do Porto (AMP). A AMP vai ser a área mais favorecida, com 4.2 milhões de euros, segue-se a CIM do Tâmega e Sousa, com 4.1 milhões, em terceiro lugar encontra-se a Comunidade Intermunicipal do Alto, com 3.7 milhões, e, por fim, a do Cávado, com 343,7 mil euros.

O Norte 2020, que está integrado no Acordo de Parceria PORTUGAL 2020 e tem como Autoridade de Gestão a CCDR-N, teve já 7.456 projetos aprovados desde o início do programa, no ano de 2014. Este programa é um instrumento financeiro com uma dotação de 3.4 mil milhões de euros de apoio ao desenvolvimento regional do Norte de Portugal.