Minhotos conseguiram quebrar ciclo negativo de três derrotas. O conjunto cónego ocupa o 12º lugar.

A equipa do Moreirense não foi além de um empate (1-1) na receção ao Boavista FC, em jogo a contar para a oitava jornada da Liga NOS. A partida foi disputada no sábado, no Parque Comendador Joaquim Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Num jogo que não contou com muitas oportunidades, foi a equipa do Boavista FC que criou perigo em primeiro lugar. Aos 12 minutos, Heriberto, no lado direito da área, conseguiu rematar. A bola desviou num defesa do Moreirense e só parou ao embater no poste da baliza defendida por Mateus Pasinato. Yusupha também tentou marcar para as panteras, mas a bola foi à malha lateral.

À passagem do minuto 26, Rafik Halliche derrubou Heriberto à entrada da grande área quando este se ia isolar. Hélder Malheiro não teve dúvidas e mostrou o vermelho direto ao central internacional pela Argélia. Carraça foi quem bateu o livre, mas Pasinato defendeu.

Ainda antes do intervalo houve um momento importante: Ricardo Costa jogou a bola com o braço, faltava confirmar se o toque se deu dentro ou fora da área. O árbitro consultou o VAR e apontou para a marca dos 11 metros, admoestando o internacional português com a cartolina amarela. Sem ceder à pressão, Nenê bateu bem e marcou o seu terceiro golo no campeonato.

Na segunda parte, como era de esperar, os boavisteiros, em desvantagem no marcador e em vantagem numérica no relvado, aumentaram a pressão em busca do golo do empate e foi assumindo as rédeas do jogo. No entanto, o encontro continuou muito físico e só aos 72 minutos os visitantes conseguiram criar perigo, com Pasinato a ter de se esforçar para evitar o empate por Yusupha.

Aos 82 minutos, na sequência de um livre batido por Alberto Bueno, Iago Santos não foi feliz e meteu a bola na própria baliza. O resultado estava assim em 1-1 e, apesar das tentativas de Njie e Cassiano, permaneceu inalterado até ao apito final.

O Moreirense volta a não conseguir ganhar, mas põe fim a uma série negativa de 3 derrotas consecutivas, subindo de forma provisória ao 11º lugar da tabela classificativa. A próxima partida é contra o Rio Ave, em Vila do Conde, no dia 30 de outubro, pelas 17:00.