O projeto Vilas e Aldeias Equestres entre Arga e Lima prevê qualificar “a oferta turística de baixa densidade do Alto Minho” e dinamizar as economias das freguesias abrangidas.

O contrato que visa a valorização do turismo equestre e da Serra d’Arga foi assinado esta sexta-feira. Apoiados pelo Turismo de Portugal no âmbito do Programa Valorizar com uma verba de 95 mil euros, Viana do Castelo, Caminha e Ponte de Lima unem-se.

De acordo com a Câmara Municipal de Viana do Castelo, “a estratégia intermunicipal de consolidação da oferta de turismo equestre no território-alvo pretende a articulação e exploração de sinergias entre o turismo equestre e outros produtos turísticos estratégicos à escala regional, especialmente com o turismo rural, o turismo de natureza e o ‘touring’ cultural e paisagístico”.

A proposta “constitui uma oportunidade crucial para a qualificação e diferenciação da oferta turística dos territórios de baixa densidade do Alto Minho, com impacto positivo na dinamização das economias das freguesias predominantemente agroflorestais, ajudando a combater a sazonalidade da procura do turismo de natureza e do turismo em espaço rural”, lê-se no comunicado.

Avança-se que será criada uma rede intermunicipal de percursos equestres sinalizados e interpretados entre a Serra de Arga e o vale do Lima, conectando com os percursos já existentes. A iniciativa pretende promover “a visitação de um conjunto de aldeias serranas integradas em territórios de baixa densidade”.

Será ainda promovida uma rede “certificada, sinalizada e divulgada” de prestadores de serviços turísticos com caraterísticas adequadas ao acolhimento do turista equestre. A rede incluirá “unidades de alojamento, especialmente TER (Turismo em Espaço Rural), estabelecimentos de restauração, aldeias serranas, empresas de animação turística, entre outros”.

Para além disso, prevê-se a promoção da valorização turística do garrano enquanto espécie autóctone e do seu habitat natural, bem como da sua dimensão cultural. O projeto deverá estar concluído até dezembro de 2021.