Jordan Soares, Fábio Costa e Filipe Silva bisaram na partida.

O Estádio do Viveiro, na Nazaré, acolheu este domingo o duelo que opôs o SC Braga ao GD Alfarim. Com o apuramento para a fase final já garantido, os Gverreiros do Minho mostraram a sua superioridade e venceram os alfarinheiros por 10–4.

Vitorioso em todas as partidas da fase regular, o SC Braga entrou algo adormecido na última jornada contra o GD Alfarim. Nos minutos iniciais, a equipa de Sesimbra mostrou mais eficácia e Ivo Mendes fez o primeiro golo da partida. Os alfarinheiros não facilitaram, assustando mais uma vez os minhotos com uma bola no poste.

O jogo prosseguiu com o SC Braga na procura pelo golo e com mais posse de bola, e o GD Alfarim mais recuado. O golo da igualdade acabou mesmo por surgir pelos pés de Jordan Soares, que não desperdiçou uma grande penalidade (1-1).

A equipa de Sesimbra mostrou rapidez na resposta e no minuto seguinte voltou a repor a asuperioridade no marcador. O SC Braga mais uma vez em desvantagem, procurou pelo segundo golo e foi novamente Jordan Soares a restituir a igualdade para os minhotos (2-2).

A equipa aos comandos de Bruno Torres mostrou-se mais ofensiva, aumentando o ritmo do jogo e Filipe colocou pela primeira vez na partida o SC Braga em vantagem. Em menos de um minuto os arsenalistas conseguiram virar o jogo a seu favor e por Miguel Pintado surge o quarto golo, aumentando a diferença no marcador (4-2).

A segunda metade trouxe um GD Alfarim mais forte, que cedo conseguiu reduzir a desvantagem por Rui Claúdio. O jogo manteve-se equilibrado com o SC Braga mais ofensivo e os alfarinheiros mais sólidos defensivamente, assegurando a diferença mínima. No entanto, Hugo Ferreira numa grande penalidade conseguiu fazer o quinto golo dos minhotos.

Nos 12 minutos finais da partida, o tricampeão nacional da modalidade entrou confiante e Jordan Santos e Filipe Silva fizeram o gosto ao pé, alargando a vantagem no marcador para 7–3. O GD Alfarim ainda conseguiu, através de Rui Cláudio, atirar a bola para o fundo das redes dos arsenalistas e fez o quarto golo dos alfarinheiros (7-4).

O SC Braga continuou a pressionar a defensiva da equipa de Ricardo Dias, e Fábio Costa e Filipe Silva conseguiram bisar na partida, aumentando para 9-3 a vantagem dos minhotos. Nos instantes finais houve ainda tempo para o guarda-redes Pedro Mano marcar e fazer o 10º golo dos bracarenses.

Com um total de zero derrotas na 1ª fase do Campeonato de Elite, os Guerreiros do Minho reforçam o posicionamento no 1º lugar na competição, com 21 pontos. A 2.ª fase da prova realiza-se entre 3, 4 e 5 de outubro.