O evento marcou o 108º aniversário da ESE e foi transmitido em direto na página do Facebook da Escola. 

Esta quinta-feira, dia 29 de outubro, celebrou-se o 108º aniversário da Escola Superior de Enfermagem (ESE) da Universidade do Minho. O evento contou com a presença do vice-reitor da universidade, Eugénio Campos Ferreira, da presidente da ESE, Ana Paula Macedo, da presidente da Associação de Estudantes da ESE, Catarina Costa e do professor Manuel Rodrigues da ESE da Universidade de Coimbra e deu destaque à importância dos enfermeiros no combate à Covid-19.

A cerimónia começou com uma atuação do Quarteto de Sopro de Estudantes da Licenciatura em Música da UMinho. De seguida, teve lugar o discurso da presidente da Associação de Estudantes de Enfermagem (AEE), Catarina Costa, que caracterizou a escola como “centenária em idade, mas jovem de ideias”. Destacou também, firmemente, a importância dos enfermeiros na situação que se enfrenta durante este “ano desafiante”, como afirmou a presidente da AEE.

A presidente sublinhou a organização e resiliência da escola, assim como os inúmeros projetos e investigações em que a ESE se encontra envolvida. Deste modo, tiveram lugar no discurso as atividades laboratoriais, científicas tecnológicas, culturais, artísticas, sociais e económicas e, ainda, o programa ERASMUS+ da Escola Superior de Enfermagem.

Ana Paula Macedo enfatizou ainda a qualidade de ensino da escola, refletida na procura do curso no concurso nacional, cuja classificação na Universidade do Minho foi a mais alta do país. Posteriormente, o vice-reitor, Eugénio Ferreira, sublinhou a importância da profissão, que se encontra na linha da frente nesta altura pandémica, bem como todas as renovações na educação da escola, tanto a nível de estágios e modelos clínicos, como de ofertas educativas e estruturas.

O evento terminou com a palestra “Dignidade e Integridade Científica na Atividade Docente no Ensino Superior” do professor Manuel Rodrigues, premiado pela Ordem dos Enfermeiros, onde foi novamente destacada a Universidade do Minho pela sua inovação, empenho, dedicação e êxito.

Artigo por: Maria Fernandes e Margarida Completo