O prémio, atribuído no âmbito do programa Eco-Escolas, distingue as boas práticas de educação ambiental para a sustentabilidade.

O programa Eco-Escolas, projeto educativo na área da sustentabilidade, premiou sete escolas do concelho de Ponte de Lima com a “Bandeira Verde”. O galardão visa reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas no âmbito da educação ambiental.

Desta feita, foram distinguidas todas as escolas do concelho inscritas no projeto no ano letivo 2019/2020. Estas são o Centro Educativo da Facha, Centro Educativo das Lagoas, Escola Básica e Secundária de Arcozelo, Escola Básica António Feijó, Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Ponte de Lima, EPRALIMA – Escola Profissional do Alto Lima (Ponte de Lima) e Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

Além da “Bandeira Verde”, no âmbito de outros desafios lançados pelo programa, a Escola Básica e Secundária de Arcozelo obteve o 1.º lugar ex aequo no desafio ‘Geração Verdão’. O vídeo vencedor, “Ciclo de Vida de uma Embalagem”, foi desenvolvido pela Novo Verde – Entidade Gestora de Resíduos de Embalagem e promove uma cultura de reciclagem em Portugal.

É, ainda, de mencionar que o programa Eco-Escolas é um projeto educativo internacional promovido pela organização não-governamental europeia Fundação para a Educação Ambiental. Em Portugal é desenvolvido pela Associação Bandeira Azul para a Europa (ABAE).

Apesar dos constrangimentos causados pela pandemia de Covid-19, a ABAE decidiu concluir a avaliação das Eco-Escolas. Desta forma, teve em conta o trabalho das escolas e dos municípios, que se adaptaram para continuar a educação para a sustentabilidade.

A entrega dos galardões está agendada para o dia 30 de outubro, pelas 14 horas, em Lisboa. Este ano, a cerimónia realiza-se em formato online, mantendo o evento presencial apenas para um número restrito de convidados e com medidas de segurança.