Segundo Rui Marques, diretor-geral da Associação Comercial de Braga (ACB), uma quebra de 5% afetou o setor comercial de Braga.

A afirmação foi avançada por Rui Marques, o atual diretor-geral da ACB, esta segunda-feira, durante a apresentação da iniciativa “Semana do Bacalhau à Braga”. Afirmou que, em relação ao mês de agosto, a faturação diminuiu, “como é habitual”.

Trata-se de um declínio que ronda os 5% em relação ao período homólogo do ano de 2019. Rui Marques acrescentou ainda que “o comércio em Braga tem dois picos claramente marcados”, sendo eles agosto e dezembro, devido à quantidade de pessoas que percorrem as ruas da cidade.

O diretor-geral da Associação Comercial de Braga alegou também que, apesar da situação pandémica em que se vive, a cidade minhota contou com “um número considerável de turistas” durante o verão.