Felipe Pires e Pedro Nuno foram os autores dos golos dos minhotos.

O Moreirense recebeu, este domingo, o CS Marítimo, na quinta jornada da Liga NOS. Num encontro em que os axadrezados conseguiram a vitória graças a golos na primeira parte, os pupilos de Ricardo Soares venceram por 2-1.

O jogo começou favorável para a equipa do CS Marítimo. Logo aos cinco minutos, Edgar Costa teve na cabeça a oportunidade de abrir o marcador, mas o esférico saiu ao lado. Pouco depois, Lucas Áfrico foi infeliz ao rematar de longe.

Contudo, o jogo acabou por, rapidamente, começar a evoluir a favor da equipa da casa, que se colocou na vantagem, aos 21 minutos. Felipe Pires abriu o placard, com um remate de um ângulo difícil, depois de ser assistido por Pedro Nuno.

O Moreirense ganhou ânimo e tentou aumentar a vantagem. Alex Soares rematou com o pé direito, mas a jogada acabou em canto. Pouco tempo depois, foi a vez de Walterson rematar e tentar a sua sorte, mas sem êxito.

A partida estava a desenvolver-se com muitas faltas e, aos 37 minutos, Jean Irmer acabou por ver o segundo amarelo, depois de uma entrada perigosa. Com menos um jogador, José Manuel Gomes foi obrigado a mexer na equipa e fez duas substituições. Joel substituiu Jorge Correa e François-Xavier Fumu Tamuzo entrou para o lugar de Edgar Costa. nos descontos, os papéis no primeiro golo inverteram-se. Pedro Nuno fez o gosto ao pé, assistido por Felipe Pires.

Depois da recolha aos balneários, o CS Marítimo entrou melhor no jogo. François-Xavier Fumu, perto dos 58´, rematou dentro da pequena área. Em cima dos 90 minutos, Zainadine Júnior, de cabeça, diminuiu a vantagem e fechou o resultado, depois de ser assistido por Fabio China.

O jogo terminou assim com o Moreirense a vencer, em casa, o Marítimo por 2-1. No próximo fim de semana, os cónegos deslocam-se até Vila do Conde, para jogar a sexta jornada da Liga NOS, frente ao Rio Ave.

Recorde ainda: Gil Vicente sai derrotado do Estádio do Dragão