Equipa de João Henriques conseguiu vitória tardia, num jogo onde os barcelenses fizeram mais.

O Estádio Cidade de Barcelos foi, este domingo, palco de um dérbi minhoto. O Gil Vicente e o Vitória SC mediram forças debaixo de muita chuva, num jogo que culminou com a vitória dos visitantes.

O primeiro tempo da partida ficou marcado por muita intensidade. Os vimaranenses dominaram com bola e com muita personalidade e de forma eficaz chegaram ao golo aos 23 minutos. Ricardo Quaresma cruzou do lado direito para Bruno Duarte que finalizou de forma muito oportuna.

Após o golo sofrido a equipa de Rui Almeida melhorou ligeiramente, mas até ao descanso o resultado não sofreu qualquer alteração. Na segunda parte o Gil Vicente entrou muito forte. Numa boa exibição de futebol ofensivo foi incontável a quantidade de oportunidades de que o Gil Vicente dispôs.

Aos 66 minutos o recém-entrado Samuel Lino conseguiu igualar o marcador. Num lance um pouco confuso a bola sobrou para o jovem extremo que na cara de Bruno Varela não vacilou. Até final a tendência do jogo não mudou.

A equipa de Barcelos não tirou o pé do acelerador, mas faltou a finalização. Aos 89 minutos, houve um balde de água gelada para os da casa. Num lance individual de Marcus Edwards foi Rochinha que disparou cruzado para o fundo da baliza gilista.

Desta forma, o Vitória SC soma a segunda vitória em três jogos ao leme de João Henriques e está no quinto lugar da tabela classificativa com dez pontos. Já a equipa de Barcelos, com apenas cinco pontos somados, está na décima quarta posição da tabela classificativa.

No que toca ao calendário das duas equipas, o Gil Vicente desloca-se à Madeira para defrontar o Clube Desportivo Nacional no próximo domingo, enquanto que no sábado a formação da Cidade Berço recebe o Sporting Clube de Portugal.

Recorde ainda: Moreirense sai derrotado do Estádio dos Arcos