Eficácia minhota valeu o passaporte para a final.

O SC Braga defrontou, esta quarta-feira, o SL Benfica. O jogo, que decorreu em Leiria, contou para a meia-final da Allianz Cup e terminou com a vitória dos minhotos por 2-1.

Os bracarenses entraram a todo o gás na partida, com a criação de uma grande ocasião de golo logo no segundo minuto de jogo. A partir daí, o Benfica partiu para cima dos minhotos e criou várias ocasiões de golo, mas muitas sem dar calafrios a Matheus. Destaque para o remate de longe de Darwin, que foi à malha lateral da baliza bracarense.

No entanto, quem marcou o primeiro da partida foi a equipa de Carlos Carvalhal, aos 28 minutos. A jogada começou num canto do lado direito que foi mal aliviado pela defesa do Benfica. A bola foi parar aos pés de Ricardo Horta, que colocou a bola nas costas da defesa encarnada, de onde apareceu Abel Ruiz, que cabeceou para longe de Helton Leite.

Na resposta, as águias tentaram causar mais perigo na área do SC Braga, mas sem grande sucesso. O golo do empate surgiu aos 45 minutos, numa grande penalidade conquistada por Darwin, por falta de David Carmo. Na conversão, Pizzi rematou para o lado contrário do guarda-redes minhoto. Ao intervalo, registava-se o 1-1.

No segundo tempo, a turma minhota mostrou-se mais perigosa e conseguiu mesmo marcar golo por intermédio de Tormena. Aos 59 minutos, o central brasileiro encontrava-se no segundo poste quando Ricardo Horta meteu a bola na cabeça do seu colega de equipa.

Logo depois do golo, Fransérgio ainda fez abanar as redes do Benfica, mas o lance foi anulado por fora de jogo do médio brasileiro. Até ao final do jogo, a equipa da capital encostou o SC Braga à sua área e tentou encontrar espaços para rematar para a baliza, mas sem sucesso. No fim do jogo, registava-se o 2-1 para os minhotos.

Com esta vitória suada, o SC Braga apurou-se para a final da Allianz Cup, onde vai marcar encontro com o Sporting CP, que venceu frente ao FC Porto. O jogo está marcado para este sábado, pelas 19h45.

Recorde ainda: Gil Vicente perde pela margem mínima frente ao Marítimo