SASUM procuram certificação mundial na área do desporto e bem-estar.

Os Serviços de Ação Social da Universidade do Minho (SASUM) aderiram ao programa “FISU Healthy Campus”. A importância que é atribuída ao desporto na Uminho, como parte essencial de uma educação completa e integral, foi uma das razões referidas.

O programa, criado pela Fundação Internacional de Desporto Universitário, visa evidenciar a importância da atividade física ao nível da saúde mental e física. Ainda pretende destacar o tema da qualidade de vida, através da implementação de programas nas áreas do desporto e da atividade física.

O responsável pelo Departamento de Desporto e Cultura da estrutura da UMinho, Carlos Videira, explica, que “nesta fase inicial, a equipa de trabalho dos SASUM tem feito várias reuniões no sentido de recolher evidências do que tem sido feito ao longo dos últimos três anos. E delinear um plano estratégico para os próximos anos com iniciativas relevantes a vários níveis”.

Carlos Videira afirma que vai ser criada uma comissão de acompanhamento multidisciplinar e transversal, a fim de garantir a colaboração entre os serviços da Universidade. Esta comissão deverá ser constituída, pelo menos, por um representante dos estudantes, dos funcionários, das escolas/institutos e deverá reunir, no mínimo, uma vez por ano.

A avaliação das universidades é realizada em ciclos de dois anos. O primeiro que consiste numa autoavaliação e o segundo numa auditoria local. Esta avaliação é feita através de 100 critérios e é diferenciada em cinco níveis de desempenho para atribuição do selo de qualidade.

Carlos Videira mostra-se confiante na atribuição da certificação por parte da UMinho. “Estou certo de que conseguiremos a certificação em breve. O nosso processo de certificação deverá ser submetido até abril e, a partir dessa data, a FISU terá um mês para se pronunciar sobre o mesmo”, afirma.

O programa da FISU segue as recomendações dos objetivos de desenvolvimento sustentável 2030 das Nações Unidas, que têm como foco principal as questões do desenvolvimento sustentável, a saúde e uma vida ativa.