Cerimónias serão transmitidas pelos canais digitais da organização.

O programa da Semana Santa de Braga foi apresentado hoje em conferência de imprensa transmitida via online. O evento, realizado no Tesouro-Museu da Sé Catedral de Braga, contou apenas com a presença dos representantes das entidades patrocinadoras e do moderador, Abel Rocha.

Pela incerteza quanto à evolução da pandemia, tem sido preparado, desde setembro de 2020, um programa alternativo para a tradição bracarense. A saúde e a segurança dos dinamizadores e participantes são as prioridades apontadas para justificar a realização do evento em modo virtual.

Assim, este ano, as procissões não sairão à rua como habitualmente, sendo substituídas por cerimónias nas igrejas, exibidas em direto nos canais digitais da Semana Santa. Segundo o cónego Avelino Amorim, estas irão dar a conhecer, de forma mais aprofundada, “a história e a dinâmica de cada um dos momentos” religiosos.

O famoso cortejo “Vós Sereis o Meu Povo”, mais conhecido por Procissão da Burrinha, não irá passar pelas ruas de Braga pelo terceiro ano consecutivo. A celebração, que ocorre na quarta-feira Santa, será assinalada através da decoração solene da Igreja de S. Vitor. O andor de Nossa Senhora da Burrinha e o da Senhora das Angústias, bem como todos os quadros que fazem habitualmente parte da procissão, poderão ser vistos pela transmissão online.

Já na quinta-feira Santa, prevê-se a atuação do Grupo de Farricocos da Santa Casa da Misericórdia de Braga, que deverá percorrer o centro histórico da cidade ao longo do dia. O objetivo é lembrar aos fiéis “a confissão e a penitência”.

A habitual programação cultural será reduzida a um único concerto no Altice Forum Braga, a 30 de março, protagonizado pela Orquestra do Norte. Além disso, será apresentado no Espaço Vita, no dia 31, o livro “Semana Santa de Braga”, com textos de Rui Ferreira e fotografias de Hugo Delgado.

A acrescentar a estes eventos pontuais, irão estar patentes exposições de arte sacra na galeria da Irmandade de Santa Cruz e na Junta de Freguesia de São Vítor. No Palácio do Raio poderão ainda ser vistas pinturas do artista Carreiro Rodrigues.

O programa completo, bem como eventuais alterações ao mesmo, pode ser consultado no site oficial da Semana Santa de Braga.