Derrota dos vimaranenses coloca mais longe a perspetiva de acesso aos lugares europeus.

O Vitória SC deslocou-se, esta quinta-feira, ao Estádio do Dragão para defrontar o FC Porto. O encontro da 28ª jornada da Liga NOS foi controlado pelo atual segundo classificado, que venceu a partida (1-0) depois de um golo marcado no início da segunda parte.

O jogo começou de forma favorável para azuis e brancos, que rapidamente conseguiram impor-se face aos minhotos. A partir do primeiro quarto de hora, começaram a surgir oportunidades mais claras para os dragões. Ao minuto 17, Mehdi Taremi aproveitou a confusão, dentro da área dos visitantes, para assustar a defensiva vitoriana com um corte que por pouco não resultou em golo.

À passagem do minuto 21, foi a vez de Bruno Varela brilhar ao evitar o golo do Mehdi Taremi, que se encontrava desmarcado, de frente para a baliza vitoriana. Nos restantes minutos da primeira parte, a formação de Sérgio Conceição manteve as suas valências ofensivas. Mas não conseguiu concretizar nenhuma das oportunidades criadas, e a partida foi para intervalo com o 0-0 fixado no marcador.

No regresso para o segundo tempo, o clube da casa entrou ainda com mais força, ao contrário dos minhotos, que não conseguiram reagir, e acabaram por se fechar mais na sua área defensiva, com o objetivo de evitar que o adversário se colocasse em vantagem no marcador. O FC Porto entrou com uma boa dinâmica e não foi preciso esperar muito para assistir ao primeiro e único golo da partida.

Aos 49 minutos, e depois de um contra-ataque rápido por parte da equipa azul e branca, Moussa Marega pressionou a defesa dos vimaranenses, ganhou no um para um com o adversário minhoto e rematou fora do alcance de Bruno Varela, inaugurando assim o marcador no Estádio do Dragão. O FC Porto marcou e continuou muito subido no terreno, o que dificultou a saída de bola da formação vimaranense.

Nos minutos seguintes, os Dragões fizeram várias investidas e tiveram várias chances de aumentar a vantagem. Mas Bruno Varela evitou que a equipa da casa marcasse mais golos. Ao minuto 73, Pepelu, na cobrança de um livre direto, rematou à baliza do adversário e obrigou Marchesín a fazer uma defesa apertada. Até ao final do jogo, os portistas criaram ainda várias oportunidades, mas a bola não voltou a bater nas redes e o 1-0 manteve-se fixado no marcador até ao final do encontro.

Com este resultado, o Vitória SC regressa às derrotas depois de um resultado positivo na última jornada, frente ao Santa Clara. Os minhotos mantêm assim os 28 pontos e o sexto lugar da Liga NOS. Na próxima ronda, o clube vimaranense vai até à Choupana para defrontar o CD Nacional, numa partida agendada para a próxima segunda-feira, às 19h.

Recorde ainda: FC Famalicão sai por cima no dérbi do Minho frente aos galos