Rami Saíd Malek comemora esta quarta-feira, dia 12 de maio, o seu 40º aniversário. O ator norte-americano ficou conhecido pelos seus papéis na série Mr. Robot (2015-2019) e na biografia cinematográfica Bohemian Rhapsody (2018). Na sucessão da produção referida anteriormente, tornou-se no primeiro ator de descendência egípcia a vencer o óscar de Melhor Ator.

Nasceu em Los Angeles, Califórnia, e é filho de Said Malek e Nelly Abdel-Malek, ambos egípcios. O ator tem um irmão gémeo, Sami Malek, professor de ESL (inglês para pessoas não nativas) e inglês. Tem também uma irmã mais velha Yasmine Malek, que é médica nas urgências de um hospital.

Enquanto criança de descendência não americana, Rami sentiu imensas dificuldades em assimilar e manter duas culturas na sua vida e teve imensos obstáculos na sua adaptação escolar. O sonho dos seus pais era que o ator seguisse uma carreira na área do Direito, porém, após algum tempo a estudar argumento, o seu professor encorajou-o a seguir representação. Estudou na Notre Dame High School com as atrizes Rachel Bilson e Kirsten Dunst, onde se formou em 1999. Seguiu os seus estudos de teatro na Universidade de Evansville. Em 2017, recebeu o Prémio de Jovens ex-alunos, dessa mesma faculdade.

A sua carreira na representação começou com papéis pequenos e secundários em filmes e séries, como por exemplo: The War at Home (2005-2007), The Pacific (2010), Tal Mãe, Tal Filha (2000-2007), entre outros. Participou, em 2011, conjuntamente com Tom Hanks, no filme Larry Crowne, com a personagem de Steve Dibiasi. Entre 2006 e 2014, fez parte da trilogia de filmes: À Noite, no Museu, À Noite, no Museu 2 e À Noite no Museu: O Segredo do Faraó. Além disso, o ator fez ainda parte do elenco das longas-metragens Battleship – Batalha Naval (2012), A Saga Twilight: Amanhecer Parte 2 (2012) e Need for Speed – O Filme (2014).

O ator protagonizou o filme Bohemian Rhapsody (2018), onde revive a vida icónica de Freddie Mercury, vocalista da banda Queen. A longa-metragem foca-se num período de quinze anos, desde a formação original até seis anos antes da morte de Freddie. Para além do Óscar entregue a Rami, a longa-metragem venceu o Óscar de Melhor Edição de Imagem, Melhor Edição de Som e Melhor Som.

Em 2020, participou na produção cinematográfica de comédia, As Aventuras do Dr. Dolittle, com Robert Downey Jr., que interpreta a personagem de Dr. John Dolittle. Rami dá voz a um gorila, Chee-Chee, que salva o veterinário de ser atacado por um tigre. Para 2021, o ator tem já duas obras cinematográficas confirmadas, ambas em pós-produção. Sendo, numa delas, 007 – Sem Tempo para Morrer, o antagonista, Safin, inimigo do famoso James Bond interpretado por Daniel Craig.

Rami Malek venceu imensos prémios pela sua fantástica arte de representar. Pela série Mr.Robot (2015-2019) foi nomeado a vários prémios, mas apenas venceu o Emmy de Melhor Ator em Série Dramática. Pelo filme Bohemian Rhapsody (2018) ganhou o Óscar de Melhor Ator, o Globo de Ouro de Melhor Ator em Filme Dramátic, o BAFTA de Melhor Ator e o SAG Awards de Melhor Ator Principal.

O ator apresenta uma enorme lista de fantásticas produções em Hollywood que se verifica no seu vasto repertório de prémios. Rami foi, é e continuará a ser um excelente exemplo de como através das adversidades se conseguem alcançar grandes feitos.