Rayanne foi a melhor jogadora em campo. A defesa minhota assistiu e criou várias oportunidades de perigo.

Este domingo, o Estádio 1º de Maio recebeu a 13º jornada da Fase de Apuramento de Campeão da Liga BPI e a partida contou com o confronto entre o SC Braga e o Sporting CP. Num jogo onde o SC Braga foi superior grande parte da partida, o resultado final de 2-1 sorriu aos bracarenses.

Na primeira metade, as minhotas entraram fortes, com um bom domínio de bola, e obrigaram a equipa adversária a correr atrás do esférico. Apesar da posse de bola das minhotas, a equipa bracarense teve algumas dificuldades em chegar à grande área. Já Sporting CP, com grandes dificuldades na partida, só aos dez minutos de jogo é que conseguiu chegar perto da zona de perigo.

Rayanne, aos 30 minutos, rematou para as mãos da guardiã da equipa adversária. A bracarense foi imparável na ala direita, ao disputar todas as bolas, ao criar perigo através de cruzamentos e ainda ao ajudar na defesa da casa. Na resposta à tentativa minhota, Ana Borges cruzou para uma defesa fácil da guardiã minhota. Depois deste cruzamento, o Sporting CP cresceu um pouco na partida e passou a dividir o palco com o SC Braga na luta da partida.

A dez minutos do fim da primeira metade, o SC Braga voltou a ser superior na partida e a criar grandes oportunidades. Primeiro, Rayanne cruzou a bola para Hannanh Keane que estava na cara do golo, mas a norte americana não conseguiu chegar à bola. Minutos depois, Diana Gomes inaugurou o marcador no Estádio 1º de maio.

Na segunda metade, o SC Braga continuou por cima da partida e foi o primeiro a fazer a bola beijar as redes, através de Myra Delgadillo. Raynne no corredor central enganou a defesa leonina e descobriu Myra Degadilo. Sozinha em frente à baliza, a avançada minhota apenas teve que pontear a bola para o fundo da baliza adversária.

Aos 58 minutos, Fátima Pinto reduziu o marcador para o Sporting CP. A guardiã minhota saiu mal à bola e a bola sobrou para Fátima Pinto que fez um chapéu à guardiã de Braga. Minutos depois, surgiu a resposta do SC Braga, novamente, por intermédio, de Myra Delgadillo que, na grande área, tentou rematar à baliza, mas as defesas sportinguistas impediram que o remate da avançada minhota saísse enquadrado.

Aos 65 minutos, Andreia Norton esteve perto do terceiro golo para as minhotas. A norte americana correu todo o corredor direito e, na grande área, tentou a sua sorte, mas a bola saiu muito por cima da baliza adversária. Dez minutos depois, Myra Delgadilo esteve perto de aumentar a vantagem minhota, mas Inês Pereira conseguiu agarrar a bola, mesmo aos pés da avançada minhota.

Nesta segunda metade, o Sporting CP conseguiu ganhar algum terreno depois dos 70 minutos e esteve perto de empatar o encontro, com diversas ameaças à baliza da turma da casa. A equipa leonina pressionou até ao apito final, mas as bracarenses conseguiram assegurar a vitória.

Com esta vitória, o SC Braga conseguiu subir ao terceiro lugar. No próximo domingo, às 16h, o SC Braga vai até à casa do FC Famalicão para a última jornada da liga BPI.

Recorde ainda: SC Braga consegue pôr fim a maré de derrotas