Iniciativa decorre esta semana e conta com a participação de 15 instituições de ensino universitário e politécnico.

A quarta edição das Jornadas Interinstitucionais de Desenvolvimento Pedagógico tem início esta segunda-feira, dia 5 de julho, e prolonga-se até ao dia 16. Coordenada pela Universidade do Minho, a iniciativa junta junta 15 instituições de ensino universitário e politécnico e conta com 25 sessões de desenvolvimento pedagógico.

O objetivo da quarta edição destas jornadas é que as instituições envolvidas possam dar continuidade à aposta na colaboração e partilha de recursos com vista à formação pedagógica dos seus docentes. Para isso, a iniciativa volta a contar com várias temáticas de ensino, apesar de se focar essencialmente na avaliação dos estudantes.

Este ano, as Jornadas Interinstitucionais de Desenvolvimento Pedagógico vão decorrer inteiramente online e vão contar com 500 docentes das instituições participantes, que preencheram 1500 vagas de formação existentes. Os temas abordados vão passar pela utilização de recursos digitais nas atividades letivas, estratégias pedagógicas para o ensino híbrido, estratégias de ensino e aprendizagem colaborativas e focadas no envolvimento e sucesso dos estudantes, bem como desafios na orientação de teses de doutoramento, team-based learning, gamificação e inteligência emocional.

Para além da UMinho, participam ainda na edição deste ano das jornadas as universidades de Aveiro, Açores, Algarve, Beira Interior, Porto, Nova de Lisboa e Trás-os-Montes e Alto Douro, às quais se juntam os institutos politécnicos do Cávado e do Ave, Porto, Leiria, Setúbal, Viana do Castelo e ainda o Iscte – Instituto Universitário de Lisboa e o Instituto Superior Técnico de Lisboa. O esforço colaborativo permite, segundo o comunicado da academia minhota, uma troca de experiências mais alargadas entre os docentes das diversas instituições.