Golos dos encarnados surgiram somente nos últimos minutos da partida.

O Gil Vicente FC recebeu, este sábado, a formação do SL Benfica, no Estádio Cidade de Barcelos. O jogo, a contar para a jornada três da Liga Bwin, foi rico em oportunidades de golo e terminou com a vitória dos encarnados, por 0-2.

A equipa de Barcelos entrou na partida com a intenção de assumir a posse de bola, no entanto, as primeiras oportunidades de golo pertenceram às águias. Ao minuto dez, Adel Taarabt, de fora da área, atirou ao poste da baliza defendida por Kritciuk e, no minuto seguinte, Gilberto fez mesmo balançar as redes. Contudo, o lance foi invalidado por posição irregular de Éverton.

A resposta do Gil Vicente FC surgiu cinco minutos depois, dos pés de Kanya Fujimoto, mas o remate de longa distância do nipónico terminou nas mãos de Odysseas Vlachodimos. Do outro lado, à passagem do minuto 26, Adel Taarabt voltou a ficar perto de desfazer a igualdade. Através de uma bola parada, o médio marroquino obrigou o guardião gilista a fazer uma defesa apertada.

Aos 34 minutos, Roman Yaremchuk dispôs de uma ocasião flagrante para alterar o marcador. Todavia, isolado perante Kritciuk, o avançado ucraniano rematou por cima e o nulo permaneceu. O resultado não sofreu qualquer mudança até ao fim do primeiro tempo e ambas as equipas regressaram aos balneários com 0-0 no placard.

Nos primeiros instantes da segunda parte, o SL Benfica ficou a centímetros de se adiantar no resultado. Porém, o remate de Gonçalo Ramos, na sequência de uma jogada individual, embateu nas malhas laterais. Nove minutos depois, Roman Yaremchuk introduziu a bola dentro da baliza, mas os encarnados viram o golo ser novamente anulado. Desta vez, devido a posição irregular do avançado ucraniano.

A reação minhota não tardou a surgir e, ao minuto 60, Talocha, com um passe de rotura, isolou Murilo. Diante de Odysseas Vlachodimos, o extremo brasileiro vacilou e não foi capaz de quebrar o nulo. Num jogo repleto de ocasiões de golo, o SL Benfica mostrou dificuldades em conseguir bater Kritciuk. Aos 65 minutos, o guardião russo voltou a responder da melhor maneira a um pontapé de Gonçalo Ramos e manteve a baliza inviolada.

O ímpeto atacante benfiquista não qubrou, apesar das várias chances de perigo negadas pela defensiva gilista e, ao minuto 71, Pizzi atirou às malhas laterais da baliza barcelense. Doze minutos depois, foi a vez de João Mário, no coração da área, obrigar Kritciuk a brilhar. Contudo, Lucas Veríssimo recebeu a bola de Pizzi e, na cara do guarda-redes minhoto, não tremeu e carimbou o 0-1, à passagem do minuto 84.

Até ao final do encontro, ainda houve tempo para o SL Benfica ampliar a vantagem. O recém-entrado Alex Grimaldo encheu o pé e, de longa distância, atirou um remate que terminou dentro da baliza de Kritciuk. O duelo terminou com a vitória dos encarnados, por 0-2.

Com esta derrota, o Gil Vicente FC perdeu os primeiros pontos na Liga Bwin e passa agora a ocupar a quarta posição do campeonato, à condição. Os barcelenses voltam a entrar em campo no domingo, dia 29, às 20:30, na deslocação ao reduto do Santa Clara, a contar para a jornada quatro da Liga Bwin.