Charles Robert Redford Jr. celebra esta quarta-feira, 18 de agosto, o seu 85º aniversário. O ator, realizador e ativista americano é conhecido internacionalmente pelos seus papéis em filmes como A Golpada (1973) e O Nosso Amor de Ontem (1973).

Robert Redford nasceu em Santa Mónica na Califórnia, filho de Martha Hart e Charles Robert Redford. O artista descende de origens inglesa, escocesa e irlandesa. A carreira de Robert começou nos anos 50, na cena teatral de Nova Iorque. A sua estreia na Broadway foi com um pequeno papel em Tall Story (1959). Porém, o maior sucesso do ator no teatro foi a sua participação como Paul Bratter na peça Barefoot in the Park (1963). Durante este período, Redford fez também alguns trabalhos para a televisão.

O ator americano estreou-se no grande ecrã com o filme War Hunt (1962). Em 1967, a carreira do californiano tomou rumo aquando da adaptação da peça de teatro Barefoot in the Park para cinema. Ainda nos anos 60, Redford deu vida a Sundance Kid, um dos seus personagens mais icónicos, no filme Dois Homens e Um Destino (1969).

No entanto, Robert Redford não se ficou pela representação tendo tido um lugar de destaque como realizador em Gente Vulgar (1980). O filme dramático foi o responsável por dar ao cineasta o seu único Óscar. Foi também por volta desta altura que Redford fundou o Sundance Institute, uma organização sem fins lucrativos com o intuito de apoiar cineastas independentes. Todos os anos, esta fundação organiza o Sundance Film Festival, uma plataforma que permite a trabalhos indie serem vistos e promovidos. Este festival é há décadas considerado um dos pilares da indústria cinematográfica.

Ao longo da sua carreira, Robert Redford ganhou várias estatuetas entre as seis Globos de Ouro e um BAFTA de Melhor Ator. Foi também condecorado com vários prémios devido ao seu longo percurso na indústria da sétima arte.

Porém, enquanto a sua carreira florescia, o ator encontrou refúgio dos holofotes em terras que foi comprando no Utah ao longo dos anos. Desta forma, as suas propriedades foram o que mais tarde o fez interessar-se por causas ambientalistas. Por extensão, o ativismo de Robert fez com que chegasse a receber ameaças de morte por impedir certos projetos de se concretizarem no Utah.

Por fim, Robert Redford anunciou o final da sua carreira como ator em agosto de 2018, sendo o personagem Forrest Tucker em O Cavalheiro com Arma (2018), o seu último papel. Apesar de reformado, o impacto de Robert Redford continuará a fazer-se sentir na indústria dado o seu carácter ativista e o Sundance Institute que continua a dar apoio a jovens cineastas. O ator assume-se como um exemplo de que não existem idades para se brilhar e demonstrar talentos pessoais.