Braga corresponde à quarta cidade a acolher a exposição que pretende mostrar a importância da proteção de espécies ameaçadas, depois do Porto, Lisboa e Vilamoura.

Braga acolhe a exposição “mais visitada de sempre” da National Geographic, que vai decorrer no Nova Arcada. A exposição do fotógrafo Joel Sartore estará aberta ao público a partir de sexta-feira, dia 13 de agosto, pelas 17:00 horas. Braga corresponde à quarta cidade a acolher a exposição que pretende mostrar a importância da proteção de espécies ameaçadas, depois do Porto, Lisboa e Vilamoura.

“Photo Ark” é um projeto que teve início em 2005 e tem como objetivo fotografar um total de 12.000 espécies até 2030, contando já com 7.000 espécies extintas ou em vias de extinção. O propósito deste projeto é desenvolver o maior arquivo de biodiversidade do mundo e procura sensibilizar e mesmo adotar práticas que beneficiem os animais mais vulneráveis.

O diretor do Nova Arcada, Pedro Leite, apela à visita da exposição, que é “tão relevante, a nível mundial pelo seu impacto no âmbito da sensibilização para a importância da proteção das espécies e natureza”.  Pedro Leite termina a afirmar que esta patente “é uma oportunidade única para a zona norte do país poder apreciar o Photo Ark, uma mostra a não perder”. A exposição vai estar disponível até dia 12 de janeiro de 2022.

O projeto de Joel Sartore pode ser visualizado de segunda a sexta-feira, das 14:00 às 20:00 e das 12:00 às 20:00. O preçário dos bilhetes consiste no seguinte: entrada gratuita para crianças até aos 4 anos, 5 euros por adulto, 2 euros por estudante (jovens entre os 5 e os 17 anos), 2,5 euros para seniores (maiores de 65 anos), bilhete familiar por 13 euros (dois adultos e jovens até aos 17 anos) e 4 euros por grupos constituídos por, no mínimo, 10 pessoas.