Golos das bracarenses só surgiram no segundo tempo.

Este domingo, em jogo a contar para a jornada dois da Liga BPI, o FC Famalicão recebeu, na sua academia, a formação do SC Braga. O dérbi minhoto terminou com o triunfo das bracarenses, por 0-2.

Na primeira parte do encontro, o equilíbrio foi a nota dominante. As duas formações minhotas, que golearam na primeira jornada da Liga BPI, anularam-se durante todo o primeiro tempo e ninguém foi capaz de desfazer a igualdade. Dessa forma, ambas as equipas regressaram aos balneários com o 0-0 no marcador.

Na segunda metade da partida, o rumo do jogo assumiu contornos diferentes. Aos 51 minutos, Jermaine Seoposenwe arrancou sobre o lado direito do terreno e cruzou para o coração da área, onde Vitória Almeida, solta de marcação, finalizou com frieza e carimbou o 0-1 para o SC Braga.

Apesar da vantagem numérica, as arsenalistas não se acomodaram e dilataram o resultado, 19 minutos depois. Rute Costa, guardiã famalicense, cometeu grande penalidade sobre Vitória Almeida e, na conversão do castigo máximo, Jermaine Seoposenwe apontou o 0-2. O placard não se alterou até ao apito final e a vitória no dérbi do Minho sorriu às Gverreiras do Minho.

Com este triunfo, o SC Braga conquista a segunda vitória em dois jogos e segue na liderança da Liga BPI, em conjunto com o Lank FC Vilaverdense. Por sua vez, o FC Famalicão sofreu o primeiro desaire desta temporada e ocupa o terceiro posto da competição. As duas equipas voltam a entrar em campo no próximo domingo, dia 3, às 15:00. Em partidas relativas à jornada três do campeonato, o SC Braga desloca-se ao terreno do Clube de Albergaria, ao passo que o FC Famalicão visita o Clube Condeixa.