Golos só surgiram nos últimos dez minutos do encontro.

Esta segunda-feira, o SC Braga recebeu o CD Tondela, num jogo a contar para a jornada seis da Liga Bwin. A partida, realizada no Estádio Municipal de Braga, terminou com a vitória dos bracarenses, por 3-1.

O SC Braga procurou, desde o primeiro minuto do encontro, assumir a posse de bola. Contudo, a primeira oportunidade de golo surgiu do lado contrário. Ao minuto 10, servido por Jhon Murillo, Salvador Agra atirou por cima da baliza de Matheus. A resposta bracarense surgiu de forma imediata. Após passe de Fábio Martins, Chiquinho, através de um remate à entrada da área, atirou perto do poste da baliza beirã.

O jogo prosseguiu e os arsenalistas, apesar do domínio no encontro, não estavam a conseguir encontrar caminhos para rematar com perigo à baliza defendida por Babacar Niasse. No entanto, antes do final do primeiro tempo, Ricardo Horta, na sequência de um cruzamento de Yan Couto, ficou a centímetros de desfazer o nulo. Porém, o remate do camisola 21 saiu desenquadrado e ambas as equipas regressaram aos balneários com o 0-0 no marcador.

No início da segunda metade, a tendência manteve-se, mas foram poucas as ocasiões flagrantes. Somente aos 59 minutos, Mário González, recém-entrado no jogo, dispôs de uma chance clara para abrir o ativo. Todavia, o avançado espanhol hesitou entre o passe e o remate e acabou por enviar uma bola rasteira para a linha de fundo.

Mais incisivo durante todo o encontro, o SC Braga conseguiu chegar ao golo no minuto 80. André Horta isolou Mário González, que viu o remate defendido por Babacar Niasse. Na recarga, Iuri Medeiros não tremeu e carimbou o 1-0. A defensiva beirã sentiu o golo sofrido e, dois minutos depois, Ricardo Horta surgiu na grande área, no seguimento de um lançamento lateral cobrado por Yan Couto. No frente-a-frente com o guardião do CD Tondela, o internacional português levou a melhor e apontou o 2-0.

Contudo, os forasteiros não baixaram os braços e responderam da melhor maneira ao segundo golo bracarense. Servido por Jhon Murillo, Dadashov bateu Matheus e alterou o marcador para 1-2, aos 86 minutos. O jogo assumiu um ritmo elevado nos dez minutos finais e ainda houve tempo para mais um golo minhoto. Com André Horta na assistência, Iuri Medeiros bisou no encontro e selou o resultado em 3-1.

Com esta vitória, os bracarenses puseram fim a uma sequência negativa de três jogos sem vencer e ascendem ao quinto posto do campeonato. O SC Braga volta a entrar em campo no próximo domingo, dia 26, às 18h, numa deslocação ao reduto do Santa Clara, a contar para a jornada sete da Liga Bwin.

Recorde ainda: SC Braga entra na Liga Europa com o pé esquerdo