Todos os golos surgiram já nos últimos 15 minutos de jogo.

Em encontro referente à nona jornada da Liga Bwin, o Vitória SC recebeu a formação do CS Marítimo. Os vimaranenses conseguiram derrotar, nos descontos, a turma comandada por Júlio Velásquez por 2-1.

Na primeira parte, a equipa do Vitória SC entrou mais forte no encontro e tomou o domínio do jogo. Logo aos quatro minutos, após um cruzamento de Ricardo Quaresma, Óscar Estupinãn esteve muito perto de inaugurar o marcador no Estádio D. Afonso Henriques, contudo Paulo Víctor protagonizou uma boa defesa e impediu o 1-0.

Ao minuto 15, Paulo Vítor voltou a intervir e defendeu um forte cabeceamento de Abdul Mumin. Cinco minutos mais tarde, Marcus Edwards driblou três jogadores e esteve muito próximo de apontar o primeiro tento do encontro, porém o remate saiu ao lado da baliza.

A primeira parte do encontro terminou com a equipa comandada por Pepa a dominar o jogo por completo. No total foram 13 tentativas de golo e três remates à baliza da turma da casa, contra apenas uma tentativa de golo dos madeirenses.

Na segunda parte, aos 56 minutos, Alireza Alipour arrancou e assistiu André Vidigal para o 0-1. Ainda assim o golo foi anulado por posição irregular do avançado iraniano de 25 anos. Aos 60 minutos, Marcus Edwards rematou forte na grande área madeirense para mais uma defesa do guardião brasileiro Paulo Victor. Pouco depois, Rafik Guitane isolou Alireza Alipour na grande área do Vitória SC, no entanto, Bruno Varela impediu a mudança no placar.

Aos 70 minutos, Alfa Semedo dispôs da melhor oportunidade da partida até então, mas o potente remate do médio encontrou o poste da baliza dos verde-rubros. Cinco minutos depois, de fora de área, Toni Borevkovic pontapeou para mais uma intervenção difícil do guardião do CS Marítimo. No entanto, na sequência do pontapé de canto que se seguiu, a resistência insular foi quebrada. Rochinha cruzou para Óscar Estupinãn que cabeceou e inaugurou o placar em Guimarães.

A equipa minhota parecia ter encontrado o caminho para os três pontos, mas não se livrou de um sobressalto perto do apito final. Aos 89 minutos, após um lançamento de linha lateral e num lance confuso, a bola ressaltou dentro da grande área e Cláudio Winck reestabeleceu a igualdade de cabeça. No entanto, no rescaldo do golo do empate, aos 92 minutos, os vitorianos recolocaram-se na frente do resultado. Marcus Edwards numa arrancada interior assistiu Rochinha, que confirmou a vitória minhota.

Com este resultado, os Conquistadores regressam às vitórias em casa e sobem provisoriamente ao sétimo posto da Liga Bwin, com 13 pontos conquistados, 11 golos apontados e oito sofridos. Na próxima quarta-feira, às 19h30, o Vitória SC recebe o SL Benfica, para disputar a primeira jornada da fase de grupos da Allianz Cup.

Recorde ainda: Vitória SC carimba passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal