O objetivo é dar lugar a comunidades que ajudam a construir a cidade bracarense.

Através de uma iniciativa coordenada pela Braga’27, uma dezena de vozes sobe ao palco do Theatro Circo este sábado, dia 20 de novembro. Intitulado “Composição do ar”, o espetáculo inicia-se às 19h00.

“Escutar e dar voz” às comunidades que muitas vezes “não têm espaço para o fazer”, segundo a organização, é a prioridade do projeto. A ideia consiste em cada participante ocupar “uma cadeira de autocarro” representando algum manifesto das comunidades. Assim, a proposta é a “aproximação, reflexão e provocação” de “pessoas que respiram e constroem o mesmo ar”.

Numa entrevista à RUM, Nuno Preto, um dos coordenadores da iniciativa, fala num espetáculo que procura a vivência justa para todos, na cidade de Braga. Assim, motiva a inclusão das comunidades “estrangeiras ou em risco de exclusão”.