O estudante de Ciência Política apresentou a candidatura esta quarta-feira.

Hélder Matos candidata-se à direção da Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM). O aluno de Ciência Política anunciou, na noite desta quarta-feira, a sua candidatura nas redes sociais. O fim da propina é uma das motivações da lista, que pretende lutar pela “justiça no acesso ao ensino superior”.

A lista de Hélder Matos quer ainda melhorar a comunicação com os núcleos, através de “algo que não sejam apenas formulários, mas, por exemplo, com reuniões”. O candidato quer ainda dar “oportunidade a alunos e grupos informais de pessoas contactarem com a Associação e exporem os seus problemas”. Além disso, a “falta de camas na UMinho” é outra das matérias a que Hélder Matos dá prioridade.

Na publicação das redes sociais, o candidato declara que tem como objetivo “dar voz à comunidade estudantil, estar pronto para responder aos seus anseios e aspirações, através da proposta de soluções urgentes para problemas reais”. “O associativismo que defendemos pretende agregar todos os estudantes para um rumo maior: a conquista de um Ensino Superior público, gratuito, democrático e de qualidade”, lê-se ainda na publicação.