A estudante considera que o seu projeto é “defensor de causas e promotor de consciencialização social”.

Inês Batista é candidata ao Conselho Fiscal e Jurisdicional (CFJ) da Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM). A aluna do terceiro ano de Ciências da Comunicação é, até agora, a única candidata conhecida.

O anúncio da candidatura foi feito via Facebook. A estudante expressou o seu desagrado com a taxa de abstenção de aproximadamente 80% no ato eleitoral. Segundo a estudante, “o CFJ, assim como toda a estrutura da Associação Académica, apresenta-se ainda muito distante da comunidade estudantil”. Assim, considera que esta realidade “perpetua o desinteresse geral que se traduz na enorme abstenção a que se assiste anualmente”.

A aluna de Ciências da Comunicação considera que a postura do Conselho Fiscal e Jurisdicional melhorou no último ano, devido à maior “pluralidade” na representação das listas. Contudo, frisou que “os estudantes não se sentem próximos o suficiente para quererem saber. As pessoas não entendem a importância da participação estudantil”.

Através das redes sociais, Inês Batista comunicou que “qualquer candidato/a sabe falar sobre imparcialidade, rigor e transparência, mas há uma grande distância entre dizer e cumprir”. Da mesma forma, a estudante, que está a fazer a especialização em jornalismo, acrescentou que o seu dia a dia “é gerir informação e transmiti-la de forma imparcial, rigorosa e transparente”. Deste modo, considera que não tem “de saber falar sobre estes três valores”, porque os exerce diariamente.

A candidata acredita que o projeto que lidera “é também um defensor de causas e promotor de consciencialização social”. “Acreditamos que uma campanha é muito mais do que uma efémera ação política e, com grandes expectativas, ansiamos a participação ativa de toda a comunidade estudantil”, garantiu.

O CFJ assume-se como o órgão que fiscaliza as atividades financeiras, administrativas e acompanha a execução financeira da AAUM. O órgão é atualmente liderado por Afonso Silva.

Revisto/Editado por: Ana Margarida Alves