Todos os golos surgiram na primeira parte do jogo.

Na manhã deste domingo, disputou-se no Estádio Municipal de Vila Verde um dérbi minhoto. O Länk FC Vilaverdense recebeu o SC Braga, numa partida refente à sétima jornada da Liga BPI. A turma comandada por João Marques foi mais eficaz na partida ao triunfar por 0-2.

O jogo começou com maior controlo de bola para a equipa da casa, mas rapidamente a equipa visitante subiu no terreno de jogo. Os minutos que se seguiram foram marcados pela presença do SC Braga na área adversária, na tentativa de inaugurar o marcador. Entre as várias situações de perigo, destacaram-se o minuto seis, com um corte feito pela defesa vilaverdense, e o minuto 14, numa defesa conseguida por Peterkin, guarda-redes da equipa do Länk Vilaverdense.

No entanto, as bracarenses quebraram a resistência da turma da casa aos minuto 20. Na sequência de um pontapé de canto, Vanessa Marques cabeceou a bola para o fundo das redes e fez assim o primeiro golo para a equipa visitante. Aos 35 minutos, ainda surgiu o segundo golo para as Gverreiras do Minho, mas foi anulado por fora de jogo.

Dada a persistência do SC Braga, Seoposenwe apontou o segundo golo da partida, que não conseguiu ser evitado pela guarda-redes do Länk Vilaverdense. Ainda antes do findar da 1ª parte, Paulinha foi chamada a jogo para o lugar de Debora. Ao intervalo, o resultado estava então frisado em 0-2.

No decorrer do segundo tempo, constatou-se um equilíbrio nos minutos iniciais, com a equipa da casa a procurar inverter o resultado, e mais ataques por parte de ambas as equipas. Apesar do esforço da equipa da casa, o SC Braga mostrou-se mais forte na partida ao dispor das melhores oportunidades de golo. Ainda assim, a defesa do Vilaverdense manteve-se firme.

A equipa da casa fez entrar JP e Conduto, de modo a ter mais acutilância ofensiva. Seguiu-se um jogo com bastante intensidade e ao minuto 30 surgiu um remate fora da área na tentativa de inaugurar o marcador para a equipa em desvantagem. Posteriormente, também as braguistas realizaram três substituições, com a entrada de Ery Pereira, Maria Rodrigues e Paulinha.

O SC Braga manteve-se por cima até ao final do jogo e a segunda parte ficou pautada pela inexistência de golos. Até final, Jassie, camisola número 23 do Länk Vilaverdense, saiu lesionada da partida.

Garantido este resultado, o Sporting Clube de Braga isola-se no primeiro lugar da tabela classificativa e soma a sétima vitória consecutiva para a Liga BPI. Já o Länk FC Vilaverdense mantém a terceira posição e soma a segunda derrota na Liga BPI. As próximas partidas de ambas as formações estão agendadas para dezembro, ainda sem adversário definido.