O boygroup ATEEZ regressou a 13 de setembro com mais um EP, desta vez intitulado ZERO: FEVER Part. 3. O projeto conta com uma grande variedade de géneros já explorados anteriormente como kpop, synth-pop, EDM e hip-hop.

O novo EP dos ATTEZ superou todos trabalhos anteriores do grupo, reunindo mais de 800 mil cópias durante o período de pré-venda. “Eternal Sunshine” abre o projeto e é apresentada como a faixa introdutória. Diferente da generalidade da discografia do grupo, a melodia e letra da música transportam o ouvinte para uma realidade alternativa, colorida e radiante. O inesperado tom upbeat é complementado com a letra encorajadora e, muitas vezes, até mágica.

ateez.kquent.com

Para completar o toque fresco e viciante de verão já introduzido por “Eternal Sunshine”, segue-se “Feeling Like I Do”. Uma típica faixa pop também com uma melodia alegre e feita para quem aprecia a face mais jovial do grupo. O single principal “Deja Vu” marca a diferença face às anteriores devido, não só ao género dance-pop, mas também pela sua letra. Com uma carga mais romântica, comunica uma história de amor viciante e impossível de esquecer. Além do refrão aditivo, é de destacar a inovação dos rappers principais, Hongjoong, líder do grupo, e Mingi, que decidiram inovar através de um tom de “sussurro” durante os seus versos.

Apesar de ser uma B-side, a faixa que mais capta a atenção é, sem margem para dúvidas, “Rocky”. Tal como o nome induz, “Rocky” é uma faixa com uma forte influência rock, algo novo para o grupo e os seus fãs, mas que pareceu encantar todos. A faixa contou com a colaboração ativa do líder do grupo, Hongjoong. Participou como escritor e produtor e, como sempre, não desiludiu e agradou imenso aos fãs que não contiveram fortes elogios ao trabalho árduo do mesmo.

“All About You” e “Not Too Late” fecham o leque não tão extenso de títulos de uma forma mais suave. Ambas com ritmos e batidas relaxantes que contrastam com as demais faixas do EP. Também devido ao contraste, revelam-se uma agradável surpresa na medida que demonstram a flexibilidade e habilidade do grupo para se moldar aos mais diversos géneros musicais.

Em suma, o EP é uma agradável surpresa preparada pelo grupo antes do seu terceiro aniversário, a 24 de outubro, com uma enorme variedade, capaz de agradar os amantes de vários géneros distintos de música. O único aspeto contra e a apontar à composição musical é o facto de todas as faixas terem pouco mais de três minutos, o que deixa qualquer um a pedir por mais.