As eleições legislativas estão marcadas para o dia 30 de janeiro, mas existem datas alternativas para votar.

O dia do voto antecipado em mobilidade, aberto a todos os eleitores, acontece em plena campanha eleitoral, no domingo anterior às eleições, e é a data destinada ao voto antecipado mais conhecida entre os portugueses. Mas existem ainda outras três datas nas quais é possível votar, antes de dia 30.

Entre os dias 18 e 20 de janeiro, poderá votar quem estiver recenseado e se encontre deslocado no estrangeiro pelos seguintes motivos: exercício de funções públicas ou privadas, representação oficial da seleção nacional, se for estudante, investigador, docente e bolseiro de investigação, se for doente em tratamento no estrangeiro ou, por fim, se vive ou acompanha os eleitores nalguma destas situações. Os votantes têm apenas de dirigir-se às representações diplomáticas nestes dias.

Quem pretende votar em mobilidade tem de se inscrever, entre os dias 16 e 20 de janeiro, no website que o Ministério da Administração Interna (MAI) dedica ao voto antecipado. Não é necessário apresentar qualquer justificação. Basta estar recenseado, escolher a mesa de voto onde o quer fazer e apresentar-se para o sufrágio a 23 de janeiro. De acordo com o MAI, nas presidenciais de 2020, 246 922 pessoas inscreveram-se no voto antecipado em mobilidade, tendo votado 197 903.

Os residentes em lares ou instituições análogas, bem como os eleitores infetados com Covid-19 que estejam em confinamento domiciliar vão poder votar nos dias 25 e 26 de janeiro. Nestes casos, o pedido é requerido entre os dias 20 e 23 de janeiro. O voto é exercício na instituição, no primeiro caso, e na morada indicada pela pessoa confinada, no segundo. Nas presidenciais do ano passado, inscreveram-se ao abrigo desta modalidade 12 906 cidadãos, tendo-se verificado uma taxa de participação de 93 por cento (11 990 votos).

Todas os presos em estabelecimentos prisionais e todos os internados em hospitais que requereram o voto antecipado até esta segunda-feira, dia 10, vão poder fazê-lo entre os dias 17 e 20 de janeiro.