Minhotos não conhecem o sabor da derrota desde dezembro.

O Gil Vicente FC recebeu, este domingo, no Estádio Cidade de Barcelos, a formação do CD Santa Clara. O jogo, a contar para a jornada 21 da Liga Bwin, terminou empatado, com o placard a mostrar o 2-2.

O CD Santa Clara entrou mais dominante no duelo e criou a primeira chance de golo do encontro, à passagem do minuto quatro. Lincoln, com um passe de rotura, encontrou Ricardinho, que, sem deixar a bola cair, atirou a centímetros da baliza defendida por Andrew.

O Gil Vicente FC não tardou a responder e, três minutos mais tarde, após um passe errado de Kennedy Boateng, Kanya Fujimoto ficou isolado na área forasteira. No entanto, o nipónico não foi além de um remate para as malhas laterais da baliza açoriana e o nulo permaneceu.

Apesar dos barcelenses terem chegado com perigo à baliza de Marco Pereira, os açorianos continuaram a dominar a posse de bola e, aos 30 minutos, inauguraram o marcador. Lincoln cruzou sobre o lado direito do terreno e Cryzan, solto de marcação, não facilitou e apontou o 0-1.

A vantagem do CD Santa Clara não durou muito tempo e, três minutos depois do golo dos visitantes, o Gil Vicente FC reestabeleceu a igualdade. Após falta de Rafael Ramos, Samuel Lino conquistou um penálti e ficou encarregado da cobrança do castigo máximo. Da marca dos 11 metros, o camisola 29 levou a melhor sobre o guardião açoriano e carimbou o 1-1. O resultado não sofreu qualquer alteração até ao intervalo.

Na segunda metade da partida, o equilíbrio foi a nota dominante. Porém, ao minuto 66, o conjunto visitante sofreu um contratempo, quando Lincoln foi admoestado com o segundo cartão amarelo. Manuel Oliveira, juiz do encontro, considerou que o brasileiro simulou uma grande penalidade e expulsou o camisola dez.

Mesmo com menos um elemento em campo, o CD Santa Clara não baixou os braços e, aos 78 minutos, os açorianos marcaram o 1-2. Rafael Ramos cruzou para a grande área, Mohebi desviou de cabeça e Talocha, defesa minhoto, acabou por trair Andrew e introduziu a bola dentro da própria baliza.

Dois minutos mais tarde, os forasteiros ficaram reduzidos a nove atletas, após a expulsão de Cryzan. Com uma superioridade numérica de dois jogadores, o Gil Vicente FC cimentou-se no meio-campo do CD Santa Clara e, à passagem do minuto 83, o empate foi reposto. Na sequência de um pontapé de canto, Pedrinho cruzou e Rúben Fernandes, nas alturas, apontou o 2-2 final.

Com este empate, a equipa liderada por Ricardo Soares permanece no quinto lugar da Liga Bwin. Na jornada 22 da competição, os gilistas deslocam-se ao reduto do FC Vizela. O dérbi minhoto está marcado para o próximo domingo, dia 13, às 20:30.

Recorde ainda: Gil Vicente FC vence em pleno Estádio da Luz