A equipa minhota voltou a não conseguir pontuar no campeonato.

Este domingo, o SC Braga deslocou-se ao Campo de Futebol Adelino Rodrigues para defrontar o CS Marítimo, num jogo a contar para a quinta jornada da Fase de Apuramento Campeão da Liga BPI. O resultado acabou por não ser favorável à equipa arsenalista, que sofreu um desaire por 2-0.

A turma minhota procurava ultrapassar os maus resultados que sofreu nas duas últimas jornadas e conseguiu ser superior no início da partida. Nos primeiros minutos de jogo, um cruzamento de Vitória Almeida levou perigo à baliza de Bárbara Santos, contudo, a investida da atleta brasileira sofreu um corte da defensiva maritimista.

O CS Marítimo apenas conseguiu impor um pouco da sua dinâmica ofensiva a partir do minuto 19, através de um remate de Dutra. No entanto, a turma minhota continuou por cima no jogo. Ao minuto 31, contra o rumo da partida, a guarda-redes madeirense conseguiu inaugurar o marcador, na cobrança de um livre direto ainda no meio-campo defensivo. A guardiã surpreendeu Patrícia Morais e fez o 1-0 para a turma da casa.

A equipa forasteira tentou responder ao golo sofrido e foi capaz de criar perigo à passagem do minuto 41, depois de um livre cobrado para a área. Porém, a turma insular conseguiu afastar o esférico,  apesar dos vários protestos de grande penalidade. A juíza da partida nada assinalou e as equipas foram para o intervalo com o resultado de 1-0, favorável às maritimistas.

As Gverreiras entraram na segunda parte com o intuito de dar a volta ao resultado e, através de sucessivos cruzamentos, levaram perigo até à grande área madeirense. Aos 56 minutos, surgiu mais um contratempo para o minhoto, quando George, numa falta sem bola, levou o segundo cartão amarelo e consecutivo vermelho.

Mesmo com menos uma interveniente na partida, as arsenalistas continuaram por cima do jogo. Aos 62 minutos, na sequência de um canto cobrado no flanco esquerdo, as bracarenses ficaram muito perto da igualdade. Todavia, o empate não chegou e as insulares conseguiram aumentar a vantagem. Fruto da pressão alta do CS Marítimo, Patrícia Morais errou e ofereceu o golo a Tânia Mateus, que fechou o resultado em 2-0.

Com este resultado, a equipa minhota permanece na quarta posição, ainda que à condição. Na próxima jornada, o SC Braga recebe o Sporting CP. O duelo está marcado para o dia 27 de fevereiro, pelas 11h. Antes de defrontar as leoas, as bracarenses vão enfrentar o SL Benfica no dia 12 de fevereiro, às 11h, num jogo a contar para a Taça de Portugal de Futebol Feminino.

Recorde ainda: SC Braga vence Sporting CP nas meias-finais da Taça da Liga