Cónegos venceram dérbi minhoto após jogarem com dez elementos durante toda a segunda parte.

O Estádio Cidade de Barcelos recebeu o dérbi minhoto entre Gil Vicente FC e Moreirense FC. O jogo, a contar para a jornada 29 da Liga Bwin, terminou com a vitória da equipa cónega, por 1-2. A equipa de Ricardo Sá Pinto abandonou o último lugar do campeonato.

A precisar de pontuar para deixar o último lugar do campeonato, o Moreirense FC entrou melhor na partida. Ao minuto três, Rafael Martins surgiu solto de marcação na área gilista, mas não rematou com a melhor direção e a bola acabou por sair por cima da baliza defendida por Frelih.

O Gil Vicente FC procurou responder à investida cónega e, dez minutos depois, ameaçou o golo. Pedrinho enviou um passe longo para o flanco direito do relvado, Frimpong falhou o corte e Zé Carlos, de primeira, atirou a centímetros da trave da baliza de Pasinato.

O jogo continuou dividido e, à passagem do minuto 18, foi a vez do clube de Moreira de Cónegos voltar a chegar com perigo à área do Gil Vicente FC. Na sequência de um pontapé de canto cobrado por Paulinho, Rosic saltou mais alto do que a defesa gilista, mas o cabeceamento do capitão cónego falhou o alvo.

Após a meia hora de jogo, o Gil Vicente FC aumentou o rendimento, mas o ferro evitou, por duas vezes, o primeiro golo da turma de Ricardo Soares. Ao minuto 32, depois de um passe errado de Paulinho, Fran Navarro ficou isolado na cara de Pasinato, que viu o remate do espanhol embater no poste. Quatro minutos depois, o poste voltou a ser o auxílio dos cónegos. Desta vez, o remate pertenceu a Leautey.

O Moreirense FC, apesar do domínio gilista nos minutos finais do primeiro tempo, podia ter ido para os balneários a vencer. No entanto, no rescaldo de uma defesa incompleta de Frelih, Rafael Martins falhou com a baliza totalmente aberta. Ao intervalo, o marcador continuava inalterado.

A segunda parte começou da pior maneira para os forasteiros. Fábio Pacheco foi admoestado com o cartão vermelho, devido a uma entrada por trás sobre Fran Navarro, e deixou a equipa de Ricardo Sá Pinto reduzida a dez elementos.

Mesmo com menos um atleta, o Moreirense FC foi à procura da vitória. Aos 57 minutos, Vítor Carvalho, médio gilista, não aguentou a pressão de Rafael Martins e perdeu a bola em zona proibida. O avançado brasileiro deixou para Jefferson, que não conseguiu bater o guardião Frelih.

O duelo Jefferson-Frelih repetiu-se quatro minutos mais tarde e desta vez foi o homem do Moreirense FC a levar a melhor. O recém-lançado no jogo Derik Lacerda arrancou sobre o lado direito do terreno e cruzou atrasado para Jefferson, que carimbou o 0-1, favorável à formação cónega.

Jogar com um atleta a menos atiçou a pressão do Moreirense FC, que, depois da expulsão, viveu o seu melhor período no encontro. Ao minuto 75, a combinação entre Derik Lacerda e Jefferson voltou a dar frutos e culminou em mais um golo. Com um remate a cerca de 30 metros da baliza, Jefferson apontou o 0-2.

Ricardo Soares pediu mais aos seus jogadores e, a cinco minutos do fim da partida, o Gil Vicente FC ficou próximo de reduzir a desvantagem de dois golos. Élder Santana fez uso da sua estatura e ganhou nas alturas, na sequência de um pontapé de canto. Contudo, o cabeceamento do avançado foi travado, de novo, pelo poste da baliza de Pasinato. Na recarga, Lucas Cunha atirou por cima, com a baliza à mercê.

Apesar das oportunidades desperdiçadas, o Gil Vicente FC continuou a insistir e, ao minuto 89, chegou ao golo. Pedrinho avançou com a bola, isolou Samuel Lino do lado esquerdo e, no frente-a-frente com Pasinato, o camisola 29 reduziu para 1-2. No último minuto do tempo de compensação, Nuno Almeida, árbitro do encontro, assinalou grande penalidade favorável aos barcelenses, contudo o lance foi anulado devido a fora de jogo. O resultado não se alterou até ao apito final e o dérbi minhoto entre Gil Vicente FC e Moreirense FC terminou com o triunfo dos cónegos.

Com este resultado, a equipa de Barcelos não desce da quinta posição da Liga Bwin e vai deslocar-se ao reduto do FC Famalicão, na próxima sexta-feira, dia 15, às 18h00, para mais um dérbi minhoto. Já o Moreirense FC abandona a lanterna vermelha da competição e ocupa agora o décimo sétimo posto. No próximo jogo, os axadrezados vão enfrentar o CD Tondela, em casa. O duelo está marcado para sábado, dia 16, às 15h30.

Veja aqui os destaques da partida