A formação minhota não conseguir fazer balançar as redes leoninas.

No último domingo, o Lank FC Vilaverdense defrontou o Sporting CP, no Estádio Aurélio Pereira, na 11ª jornada da Fase de Apuramento Campeão da Liga BPI. A partida terminou com uma vantagem de 7-0 para a turma lisboeta.

As oportunidades que acarretaram algum perigo para a baliza de Nyla começaram ao minuto 11, com um remate de Ana Teles, para uma defesa apertada da guardiã. Já ao minuto 16, Rita Fontemanha chegou mesmo ao golo e colocou o Sporting CP em vantagem. Logo no minuto seguinte, foi a vez de Andreia Jacinto colocar a bola no fundo das redes da baliza adversária (2-0).

Até ao intervalo, foi visível uma superioridade por parte da equipa da casa, ao conseguir contrariar todas as jogadas das oponentes. Por outro lado, a turma vilaverdense demonstrou inúmeros problemas em relação à posse de bola e, consequentemente, dispôs de escassas oportunidades de golo. Desta forma, o marcador, no intervalo, marcava 3-0.

O segundo tempo começou da melhor maneira para as leoas, que ampliaram ainda mais a vantagem, através de um cabeceamento de Chandra Davidson. O resto da partida refletiu o que aconteceu na primeira parte, ou seja, a superioridade leonina e a incapacidade de criação de jogo, por parte da turma minhota. Assim, a formação de Lisboa ainda conseguiu alcançar mais três golos, apontados por Joana Marchão (2) e Mariana Larroquette.

Após este desfecho, a equipa do Lank FC Vilaverdense encontra-se no 7º lugar da Fase de Apuramento de Campeão da Liga BPI, com três pontos. Na próxima jornada, as minhotas recebem o FC Famalicão. O duelo está marcado para domingo, dia 8, às 14h00.

Recorde ainda: Länk FC Vilaverdense perde em casa contra o CS Marítimo