Grande atuação do guarda-redes Bruno Varela impediu a derrota minhota.

Na noite da passada sexta-feira, o Vitória SC deslocou-se ao Estádio do Bessa para a 33ª jornada da Liga Bwin. A equipa de Pepa estava obrigada a ganhar de modo a manter viva a luta pelo quinto lugar, mas não foi além do empate de 1-1.

Os minhotos entraram melhor no jogo e foram os primeiros a ameaçar as redes adversárias. Ao minuto 19, Rafa Soares tentou a sorte de meia distância, mas Bracalli respondeu com uma defesa para a frente. Na recarga, Janvier atirou ao lado. O desacerto vimaranense não demorou a ser corrigido e cinco minutos depois chegou o primeiro golo do encontro. Na sequência de um pontapé de canto, Tiago Silva centrou e Óscar Estupiñán apareceu a desviar de cabeça ao primeiro poste para o fundo da baliza.

Até final do primeiro tempo não houve mais nenhuma oportunidade a registar. Na segunda metade o encontro mudou completamente de paradigma. Desde logo, os níveis de intensidade subiram e foi o Boavista FC quem tomou conta das rédeas do jogo. Ao segundo minuto, Kenji Gorré cruzou do lado esquerdo e Hamache desviou de cabeça para uma enorme intervenção de Bruno Varela.

No minuto a seguir, os minhotos aproveitaram o adiantamento da linha defensiva portuense para lançar Rochinha na profundidade. O extremo fletiu para o meio e esteve a centímetros de marcar um golo de belo efeito. Este foi o primeiro e único ameaço dos homens de Pepa em toda a segunda parte. Aos 60 minutos, Yusupha rodou bem à entrada da área, porém rematou para defesa segura de Bruno Varela.

E onde não chegava Varela, chegavam os ferros da sua baliza. Ao minuto 66, após uma recuperação em zona subida, Yusupha atirou rasteiro ao poste da baliza vitoriana. Cheirava a golo da turma da casa, que apareceu mesmo três minutos depois. Ntep tabelou com Yusupha e atirou de primeira para dentro da baliza visitante. O Vitória SC estava com muita dificuldade em impor-se no encontro e pior ficou à entrada do último quarto de hora. Mumin entrou de forma dura sobre Makouta e viu o segundo amarelo e consequente vermelho.

Os boavisteiros carregaram ainda mais em busca do golo da vitória, mas encontraram em Bruno Varela uma barreira intransponível. Ao minuto 80, Gorré atirou cruzado, no entanto o guardião conseguiu desviar para canto com a ponta da luva. Ainda assim, o momento da noite ficou guardado para o último lance da partida. Ntep tirou o cruzamento para o segundo poste, onde apareceu Yusupha totalmente solto de marcação. Quando parecia que era só encostar para o extremo da casa, surgiu Bruno Varela com uma defesa fantástica a salvar um ponto.

Com este resultado, o Vitória SC ocupa o sexto lugar da tabela classificativa com 45 pontos. Recorde-se que, em caso de derrota, os vitorianos ficariam matematicamente arredados da luta pelo quinto lugar. Mesmo assim, basta ao Gil Vicente FC empatar na receção ao CD Tondela para selar um lugar no top-5. A próxima e última jornada para a turma de Pepa é precisamente frente aos barcelenses, num encontro marcado para domino, dia 15 de maio.

Recorde ainda: Vitória SC empata com o CD Santa Clara em casa