“É um convite para caminhar e deliciar-se”

O município de Arcos de Valdevez proporciona, durante os meses de outubro e novembro, muitas atividades culturais no âmbito do Festival OutonArcos. A organização garante diferentes experiências culturais e gastronómicas “para famílias e para os mais jovens”.

As atividades variam entre teatros, música, cinema e diferentes eventos, descritos pela organização como “uma verdadeira efervescência cultural e festiva”. Os principais nomes que incorporam este festival são Áurea, Carolina de Deus, Sara Correia, Syro, UHF e ainda Luke Winslow-King, que trazem a música à terra “onde Portugal se fez”.

A organização deste evento não se fica nos palcos musicais. É explorado também um lado teatral com Pedro Lamares, Lúcia Moniz ou António Fonseca. As artes de palco vão ter espaço no Ciclo de Teatro “RECONTRO”.

Outubro sendo mês também da celebração da tradição norte-americana da “doçura ou travessura”, o Halloween não poderia ser deixado de fora neste festival e conta com o “passo assombrado/Halloween no Paço de Giela” na noite de 31 de outubro entre as 20h30 e as 5h. Esta noite é ainda marcada pela presença do DJ RFM Pedro Simões e o DJ Diego Miranda.

A história do património encontra-se também em destaque com o congresso internacional “Casa Nobre: Um património para o futuro”. A sexta edição decorre entre 10 e 12 novembro e descreve-se como “o maior encontro do seu género na Europa”.

A oferta vasta do festival não acaba por aqui, oferecendo ainda a oportunidade de visita aos equipamentos culturais do concelho como o Paço de Giela, centro interpretativo do Barroco, oficinas de criatividade Himalaya/ Centro Ciência Viva, Centro interpretativo e Etnográfico de Soajo ou ainda a Casa do Castelo Sistelo.