A equipa gilista somou a sua terceira derrota no campeonato.

O Gil Vicente FC enfrentou, esta sexta-feira, o Sporting CP, no Estádio José Alvalade, num jogo a contar para a oitava jornada da Liga Bwin. O emblema lisboeta desequilibrou a partida e conseguiu a vitória por 3-1.

Ambas as equipas entraram na partida com o objetivo de ultrapassar os últimos resultados desfavoráveis. Assim, a partida iniciou-se com oportunidades perigosas de ambos os lados. No entanto, foi aos 11 minutos que aconteceu o primeiro golo por parte da equipa da casa, com a autoria de Paulinho assistido por Nuno Santos. Porém, este golo, após análise por parte do VAR, acabou anulado por fora de jogo.

A turma leonina aumentou um pouco a pressão, após ter visto o seu golo anulado, e passado quatro minutos inaugurou mesmo o marcador. O médio internacional japonês Hidemasa Morita atirou para o fundo das redes, depois do passe de Nuno Santos.

O segundo golo ocorreu ainda na primeira parte com um toque de calcanhar do internacional japonês que abriu o placar, deixando a oportunidade para Pedro Gonçalves rematar à baliza. O atleta luso conseguiu ultrapassar Andrew e marcou o seu quinto golo no campeonato.

O tempo que restou da primeira parte foi marcado por diversas oportunidades perigosas por parte do Gil Vicente. Porém, em nenhuma das oportunidades conseguiram colocar a bola no fundo das redes de Antonio Adán. Assim, os emblemas foram para os balneários com o Sporting CP a liderar por 2-0.

A segunda metade do jogo começou igualmente com lances perigosos para ambos os lados. Contudo, o Gil Vicente voltou a sofrer um golo aos 62 minutos que, posteriormente, voltou a ser anulado por fora de jogo de Francisco Trincão. O jogo seguiu mais equilibrado do que nos 45 minutos iniciais, mas, mesmo assim, era evidente uma maior pressão da turma de Alvalade.

Ao minuto 81, o avançado Rochinha, depois de um passe de Ricardo Esgaio, disputou um lance com o defesa Lucas Cunha. Depois de ultrapassar o defesa central conseguiu afastar a bola do guardião gilista e fez o terceiro golo do emblema verde e branco.

Quando o resultado já parecia certo, o avançado gilista Fran Navarro reduziu o resultado aos 92 minutos para 3-1 com uma assistência de Élder Santana. Este golo surgiu após várias insistências do emblema minhoto, porém já não foi suficiente para levar pontos para Barcelos.

Com esta derrota, o emblema gilista não leva qualquer ponto para Barcelos e mantém-se na décima posição no campeonato. A equipa vai agora receber o Estoril Praia, jogo referente à nona jornada, no dia 7 de outubro, pelas 20h15.

Recorde ainda: Gil Vicente FC consegue empate arrancado a ferros