A peça disruptiva e alternativa combina a dança, o teatro e o mundo.

Esta sexta-feira, às 21h30, “Hamlet, L’Ange du Bizarre” sobe ao palco do Centro Cultural Vila Flor. Pensado pela companhia de teatro Útero , que celebra 25 anos, o espetáculo inspira-se na obra de Shakespeare, integrando referências às icónicas Festas Nicolinas, as festas dos estudantes de Guimarães, dedicadas a S.Nicolau.

A representação da busca pessoal pelo lugar no mundo é o principal tema da encenação. A companhia de teatro tenciona encontrar um “lugar singular que alia a um autor, que caminha livre na procura de si”. Neste caso, semelhante a Hamlet, acrescenta. “Isoladas sobre si, as pessoas caminham sozinhas, numa ilusão de pertencer a um todo que felizmente nunca conhecerão na totalidade”.

Útero tem conseguido criar uma estética própria inconfundível ao longo dos anos. A companhia abre portas a artistas além da dança e do teatro, usando a filosofia e a história e tendo em conta pormenores como a respiração dos atores.

O espetáculo da autoria de Miguel Moreira surge da colaboração de uma grande equipa multidisciplinar e da cocriação com Ana Silva e Maria Fonseca. O acompanhamento artístico é realizado por Pedro Paiva e ShadowMan, com a participação de Ricardo Toscano. Rodrigo Areias ajudou a incorporar as Festas Nicolinas.

Os bilhetes estão disponíveis online. Podem também ser adquiridos online em lojas geridas pel’A Oficina.