Este conjunto de equipas tem uma das seleções com mais história na Copa do Mundo

O Mundial 2022 já começou e juntou em prova algumas das seleções com mais história na competição. O Grupo G é composto pelo Brasil, um dos potenciais vencedores, a par do Camarões, Sérvia e Suíça.

O Brasil é uma das seleções mais temidas no confronto direto e o principal favorito a conquistar o Mundial 2022. Pentacampeões, a seleção nunca falhou a presença num Mundial de futebol e é recordista em títulos e presenças em fases finais. Os brasileiros são também a formação com mais jogadores com experiência no futebol português: sete dos 26 convocados vão jogar no Qatar.

A Sérvia é outra das seleções que promete fazer valer a força demonstrada até ao momento. A equipa europeia conquistou o Grupo A e atirou Portugal para o play-off e vai realizar uma campanha muito parecida com a de 2018, a medir forças novamente com os brasileiros. Tratam-se de jogadores com um poderio ofensivo muito forte, que se destacam na bola aérea e parada, como demonstraram na passada sexta-feira com uma goleada no jogo amigável com o país do Médio Oriente. Na lista de convocados, o selecionador Dragan Stojkovic conta com Uros Racic do SC Braga e com Marko Crujic, do FC Porto.

Segue-se a Suíça, seleção forte que já chegou três vezes aos quartos-de-final do Mundial, apontado como o seu melhor desempenho. Murat Yakin estreia-se ao comando da formação em competições mundiais e afirmou, em entrevista, ter a “melhor seleção do país de todos os tempos”. A seleção conta com a ajuda de Haris Seferovic, emprestado pelo Benfica ao Galatasary, para ajudar a chegar mais longe na competição. Em 2018, os suíços ficaram-se pelos oitavos de final após uma derrota por 1-0 frente à Suécia.

O Grupo G conta também com o Camarões, equipa africana com maior número de participações na competição. A sua melhor prestação foi em 1990, onde alcançou o sétimo lugar e os quartos de final mas acabou eliminado pela Inglaterra, num jogo intenso que terminou com um 3-2. Conhecida por praticar um jogo alegre e ter jogadores experientes, a formação de África, apesar de estar num grupo muito experiente, sonha em bater o recorde e seguir mais longe no Mundial 2022.

Assim sendo, o Brasil vai a caminho da 22ª participação no Mundial, a Sérvia vai ter a sua 13ª participação, ao passo que a Suíça conta com a 12ª aventura e os Camarões com a oitava. A Suíça e os Camarões são as primeiras seleções e estrear-se em campo, esta quinta-feira. O duelo está marcado para as 10h. Já às 19h, o Brasil vai medir forças com a Sérvia.