O clube minhoto estreou-se a vencer na Taça da Liga.

O SC Braga recebeu, este sábado, o CD Trofense, num jogo a contar para a primeira jornada da Fase de Grupos da Taça da Liga. Num jogo onde a superioridade esteve do lado dos vermelhos e brancos, o clube da casa acabou por ganhar por 3-0.

O apito anunciou o início do jogo e, desde logo, notou-se uma clara ambição do SC Braga em vencer o jogo. Em apenas dez minutos, a equipa caseira já havia demonstrado uma superioridade de performance em relação ao adversário. Para além de uma pressão ofensiva constante no último terço, a linha defensiva dos vermelhos e brancos esteve, durante a maior parte do tempo, avançada, no lado do campo adversário.

Aos 15 minutos, Tiago Sá realizou uma defesa fácil após um dos primeiros ataques da equipa trofense á sua baliza. O guardião rapidamente lançou a bola em profundidade para Iuri Medeiros, que passou para Abel Ruiz. O espanhol, já na área adversária, assistiu Simon Banza, que encostou para as redes de Tiago Silva. O avançado francês já não marcava há cerca de três meses.

Depois do golo sofrido, a equipa da Trofa procurou reagir. O CD Trofense chegou mesmo a ter um livre a seu favor batido por Tiago André, que, após um corte de Niakaté, teve Vanilsom a rematar em jeito de recarga. Mesmo assim, a bola foi sem perigo para as mãos de Tiago Sá.

Aos 33 minutos, o guardião trofense fez uma má reposição da bola e Simon Banza aproveitou o erro do adversário. No entanto, faltou eficácia para consumar o golo. Aos 41 minutos, os Gverreiros conseguiram chegar ao 2-0, num lance de bola parada. Na sequência de um pontapé de canto, André Horta assistiu Al Musrati para o terceiro golo do líbio esta época. As equipas foram para o balneário com a turma de Artur Jorge em vantagem, por 2-0.

Iniciada a segunda metade do jogo, destacou-se desde logo uma melhoriaa de performance do CD Trofense. Ao contrário do que aconteceu nos primeiros 45 minutos, a sua vontade de querer levar os três pontos para casa era agora notável. Aos 70 minutos, a equipa trofense dispôs de um livre a seu favor, mas a bola parada foi executada sem qualquer perigo para a baliza de Tiago Sá.

Os últimos dez minutos de jogo foram marcados por uma contínua pressão ofensiva dos vermelhos e brancos. Aos 80 minutos, houve uma grande oportunidade de perigo com a autoria de Álvaro Djaló que driblou Valente. Contudo, na hora de rematar, a bola saiu ao lado. Ainda aos 84 e 87 minutos, Abel Ruiz rematou para a baliza adversária vendo, em ambos os lances, o seu golo negado por Tiago Silva.

Nos minutos adicionais, o SC Braga procurou o terceiro golo com uma ininterrupta pressão no último terço. Aos 91 minutos de jogo, Hêrnani chegou a tentar a sua sorte, mas o remate saiu em direção à Pedreira. Aos 93 minutos, no entanto, Rodrigo Gomes cruza para Hêrnani e o extremo, formado no SC Braga, marcou o último golo do jogo e, consequentemente, o seu primeiro golo pela equipa sénior dos minhotos. O jogo terminou com a vitória dos Gverreiros por 3-0.

Com esta vitória, os bracarenses passam agora a liderar o Grupo D da Fase de Grupos da Taça da Liga. Na próxima jornada da competição, o SC Braga desloca-se ao Estádio Nacional do Jamor para defrontar o Casa Pia AC. O duelo está marcado para as 17h00.

Recorde ainda: SC Braga vence em Portimão após reviravolta-