O clube minhoto acabou assim com a invencibilidade dos encarnados na temporada 2022/23

O SC Braga recebeu, esta sexta-feira, o SL Benfica num jogo a contar para a 14ª jornada da Liga Bwin. Após um golo madrugador por parte da equipa caseira, os bracarenses conseguiram superiorizar-se à formação encarnada durante toda a partida e venceram por três bolas a zero.

João Pinheiro apitou para o início do jogo no Estádio Municipal de Braga e foi, desde logo, notável que este seria um jogo de grande intensidade. Ambas as equipas entraram em campo com uma ambição clara de conquistar os três pontos. Com apenas dois minutos de jogo, o SC Braga abriu o marcador após um remate de Abel Ruiz que se encontrava isolado após um passe de Racic que havia ganho a bola frente a Aursnes.

Mesmo em desvantagem, o SL Benfica não teve a reação que era expectável. Durante os primeiros dez minutos de jogo, assistiu-se a uma clara dificuldade das águias em manter a posse de bola e na construção de jogadas de ataque rápido, tendo o seu jogo bastante condicionado pela equipa adversária. A equipa minhota, por outro lado, demonstrava uma pressão ofensiva contínua e fazia, em geral, uma boa performance.

No início da segunda metade da primeira parte, foram concedidos aos Gverreiros quatro cantos, mas não conseguiram chegar ao golo, contudo deixaram a adivinhar que o mesmo estava mais perto do que o adversário antecipava. Ao minuto 32, o segundo golo acabou mesmo por chegar pela autoria do capitão Ricardo Horta após um passe de Abel Ruiz. O internacional português enganou o guardião encarnado e acabou mesmo por marcar o segundo golo do jogo.

O resto da primeira parte seguiu-se exatamente da mesma forma com uma clara diferença de rendimento de uma equipa para a outra e os lances justificavam o resultado no marcador. Apenas nos minutos adicionais, a equipa visitante obteve a sua primeira oportunidade com um cabeceamento de Otamendi que acabou por sair por cima, levando a sua equipa para o balneário com uma desvantagem de dois golos.

Vindos do intervalo, o SL Benfica entrou nos últimos 45 minutos da partida com uma mentalidade completamente diferente do que a que tinha demonstrado na primeira metade do jogo. No entanto, apenas teve uma maior posse de bola em relação ao adversário, uma vez que, em termos de exibição, não estava superior ao adversário.

Aursnes foi um dos jogadores em destaque na equipa visitante aparecendo em diversos lances em que o mesmo procurou o remate. Aos 70 minutos, Iuri Medeiros comandou o contra-ataque minhoto e, após ultrapassar Bah, assistiu Ricardo Horta para o terceiro golo da equipa bracarense. A equipa visitante tentou diminuir a desvantagem de imediato mas Musa foi apanhado em fora de jogo, vendo assim o seu golo anulado.

O restante tempo de jogo ficou marcado por remates por parte da turma de Roger Schmidt, que não causaram perigo à baliza de Matheus. O apito final soou na Pedreira e os bracarenses celebraram o triunfo, que acabou com a invencibilidade do rival.

Com esta vitória, o SC Braga diminuiu a diferença para apenas seis pontos em relação ao líder da Liga Bwin, SL Benfica. A equipa da cidade de arcebispos termina assim o ano civil de 2022, tendo o seu primeiro jogo de 2023 no dia 5 de janeiro com a deslocação ao reduto do Santa Clara.