A 14 de dezembro de 2000, Donald Petrie, apresentou-nos um filme incrível com Sandra Bullock. Leve, engraçado e com uma ótima lição de moral Miss Congeniality, em Portugal Miss Detetive, envolve o espectador numa viagem ao universo dos concursos de beleza.

Gracie Hart (Sandra Bullock), agente do FBI é recrutada para se infiltrar no concurso de Miss Estados Unidos no Texas, após terem recebido uma carta de um terrorista fazendo uma ameaça de bomba nesta competição. No início recusa a proposta, pois é uma mulher que não está muito em contacto com o seu lado feminino. Todos os seus colegas de trabalho lhe dizem que não é capaz, mas para lhes mostrar o contrário decide arriscar.

Com o decorrer do tempo, apercebe-se que gosta dessa sua versão e que anteriormente deixava-se enganar pelos estereótipos direcionados aos concursos de beleza. A missão foi concluída com sucesso e apanham o terrorista. Gracie não ganha, mas é nomeada Miss Congeniality. Este título é entregue à candidata mais simpática, engraçada e que tem melhor personalidade.

É um filme que aborda muitos aspetos importantes da nossa sociedade. Como por exemplo, como a aparência sobrepõe a personalidade, o assédio presente no local de trabalho e que há pessoas que se não se conseguem distanciar das normas de género misóginas, envolvendo-se nelas.

Além disso, o argumento de Marc Lawrence, Katie Ford e Caryn Lucas contém bastantes piadas engraçadas e transborda de girl power, que era pouco eminente nos filmes daquela época. Especialmente porque a maioria das comédias dos anos 2000 apresentam jovens frágeis e desesperadas por encontrar um parceiro. Aqui, a situação é totalmente oposta. As candidatas a miss estão demasiado importadas em ganhar o título e não querem saber de relacionamentos amorosos.

Miss Detetive ganhou uma continuação cinco anos depois. No entanto, não fez tanto sucesso. Aborda os mesmos aspetos do primeiro filme, mas com diferentes pontos de vista. A atuação de Sandra Bullock, indicada com este filme ao Óscar de Melhor Atriz Numa Comédia ou Musical é a principal razão desta obra cinematográfica ser considerada uma das melhores comédias de ação da época.